Organização de Wallid Ismail recebe dois prêmios, enquanto Ariane e Luan Miau são coroados como melhor lutadora e melhor lutador do ano de 2016

Por: Assessoria Osvaldo Paquetá

Realizado no Rio de Janeiro, o Prêmio Osvaldo Paquetá 2016 foi um completo sucesso. O Oscar do MMA Nacional contou com ilustres presenças do MMA brasileiro, além de, claro, premiar os vencedores das vinte categorias através do voto popular.
O grande destaque individual da noite ficou para a atleta curitibana Ariane Lipski, que faturou três prêmios na gloriosa noite. Ariane levou para casa os prêmios de Melhor Lutadora, Luta do Ano e Nocaute do Ano – ambos contra Julie Werner no Imortal FC 4.
Já o destaque coletivo da noite ficou para a academia curitibana CM System, liderada pelo ex-UFC Cristiano Marcello. A academia também levou três prêmios para casa, faturando o prêmio de Melhor Equipe, Melhor Treinador com seu líder e fundador Cristiano Marcello e Melhor Lutador, com o atleta da academia Luan Miau.
A organização nacional que roubou a cena no prêmio foi o Jungle Fight, que faturou dois importantes prêmios na noite. O evento venceu na categoria de Melhor Organização e Edição do Ano, com o Jungle Fight 87. O presidente do evento, Wallid Ismail se pronunciou sobre a dobradinha e demonstrou sua felicidade com a conquista.

“Estou muito feliz com esses prêmios. Ainda levamos o de melhor edição com o Jungle Fight 87. É legal o reconhecimento que tivemos dos fãs de MMA aqui no Brasil. O ano de 2016 foi muito difícil, mas se mostrou um ano de vitórias. Ainda fomos reconhecidos pela Yahoo Internacional entre os 5 maiores eventos do mundo. São coisas que nos dão ainda mais força e coragem para seguir trabalhando em prol do MMA, para seguir dando oportunidade para os guerreiros que buscam melhores condições de vida através do esporte”, afirmou Wallid.

Outros destaques da cerimônia foram as homenagens especiais com os troféus de honra ao mérito para Cláudio Coelho, para a família de Osvaldo Gomes da Rosa e para a família de Alessandro Souza, árbitro falecido em 2016, que também dará nome ao troféu de Honra ao Mérito a partir de 2017.
Principal parceira do Prêmio Osvaldo Paquetá em 2016, a Everlast, marca percursora no segmento de artes marciais, foi homenageada por sua contribuição na cerimônia do Oscar do MMA Nacional. Além disso, Cassiano Correia, vencedor da categoria de Foto do Ano, recebeu um troféu de honra ao mérito por maior parcial entre todas as categorias do prêmio.
Confira a lista completa dos vencedores do Prêmio Osvaldo Paquetá 2016:
Ring Girl do ano: Nicéia Pereira
Announcer do ano: Fábio Leandro
Cutman do ano: Equipe Knockdown
Árbitro Central do ano: Charyanna Gamballe
Matéria do ano: Breno Massena
Fotografia do ano: Cassiano Correia, Smash Fight 4.
Comunicador do ano: André Azevedo
Melhor Vídeo Maker: Gerinho Felix
Treinador do ano: Cristiano Marcello
Equipe do ano: CM System
Organização do ano: Jungle Fight
Evento revelação: Fight2Night
Reviravolta do ano: Oton Jasse sobre Ricardo Maisena, WOCS 44
Luta do ano: Ariane Lipski vs. Julie Werner, Imortal FC 4
Nocaute do ano: Ariane Lipski sobre Julie Werner, Imortal FC 4
Finalização do ano: Cássio Jacaré sobre Ronny Markes, Shooto 61
Atleta revelação: Istela Nunes
Lutadora do ano: Ariane Lipski
Lutador do ano: Luan Miau

Share.

About Author

Bill Santos

Abílio Santos, CEO do MMA Premium, sócio da Try mídia e atendimento na Seri.e Design. Todo sucesso vem do esforço e para isso não meço limites, um eterno fanático por inovação pela evolução.

Leave A Reply