Germaine ignora disputa com brasileira e sugere revanche

2

A nova campeã do UFC começa a planejar o seu futuro no Ultimate pedindo uma nova luta com Holly Holm e deixa de lado a possível luta contra ‘Cyborg’

Por: Micheline Tápias

O duelo que valeu o cinturão inaugural do peso-pena (66kg) feminino do UFC, Germaine de Randamie x Holly Holm foi recheado de polêmica. A atual campeã Germaine acertou golpes na americana depois do soar do gongo, mas a holandesa afirmou não jogar sujo e aproveitou para lançar o desafio de revanche a Holly.

Germaine após a sua vitória utilizou a sua conta no “Twitter” para demonstrar respeito a sua rival e garantir que os golpes deferidos na Holly após o termino do round não foi intencional. A nova campeã aproveitou e desafiou a americana para uma revanche tentando amenizar também as críticas que vem recebendo em relação a sua performance no Ultimate.

“Acordei ontem com muito apoio e muita controvérsia. Eu deveria estar nos céus agora mas depois do longo voo de volta para minha casa na Holanda eu não consegui parar de pensar nos eventos que aconteceram naquela noite e em alguns críticos tentando tirar o que deve ser um dos maiores momentos da minha carreira. Gostaria de dizer que foi uma batalha dura, com muita emoção. Mas eu não sou uma lutadora trapaceira. Sempre treinei para lutar até o fim ou até o juiz interromper. Eu jamais tentaria um soco por cima do juiz para acertar um golpe sujo na Holly. Eu só tenho respeito pela Holly e pelo UFC e por isso eu gostaria de dizer agora que eu acho que devo essa revanche para a Holly e para os fãs, para termos certeza que a vencedora desse cinturão histórico seja clara como cristal. Holly, vamos fazer isso de novo. Muito respeito, osss’, escreveu a atleta.”

Após o UFC 208, Germaine declarou estar com uma lesão na mão e que irá passar por uma cirurgia, o que a afastará do octógono por um tempo. A desafiante mais esperada e pré-anunciada, em sua entrevista à “ESPN”  Cris Cyborg se manifestou dizendo que esse problema seria uma desculpa para que a campeã possa desfrutar mais tempo com o título do maior torneio de MMA do mundo. 

A atitude da holandesa continua sendo questionada. Seria ‘medo’ da ‘Cyborg’? Respeito pela Holm? A reação em ambas as situações é de temor. Que ‘Cyborg’ se resolva logo e que Holm reveja suas estratégias para uma nova oportunidade de luta. Não vejo uma situação de revanche no momento e que a holandesa possa defender esse cinturão em breve, afinal o ‘show’ tem que continuar.

Share.

About Author

Micheline Tápias

Paulista, amante de MMA, Jiu-Jitsu e Boxe. Publicitária e analista de Asset em T.I..

2 Comentários

  1. Comentário perfeito!!!
    A Germaine está preocupada em ter que enfrentar a brasileira, inventou uma desculpa de uma lesao que ocorreu no ano de 2015, e pra provar que existe o receio de gladiar com Ciborg, aceitou uma revanche com a Holm. Afinal ela nao usaria as mesmas maos em qualquer luta?

Leave A Reply