Buscando evoluir, Augusto Tanquinho fala sobre evolução dentro do UFC

0

Com carreira impecável no BJJ, Tanquinho busca seu lugar entre os grandes do UFC

Por: Bill Santos

Vindo da arte suave, Augusto Tanquinho vem fazendo seu nome nas artes marciais mistas, com 7 combates na carreira, Augusto só perdeu em uma oportunidade e soube aproveitar a derrota para aprender e evoluir, confira a entrevista exclusiva com a fera brasileira:

Augusto, você e seu irmão vem de uma longa carreira no BJJ, qual a maior dificuldade em migrar da arte suave para o MMA?

Acredito que uma das maiores dificuldades é não sentir a pressão de ter um nome no Jiu-Jitsu e corresponder a expectativa que a comunidade do jj coloca em você.

Você perdeu uma e ganhou outra no UFC, avaliando o retrospecto, o que mudou?

Mudou que aprendi a ter mais calma e esperar a hora certa, na minha derrota aceitei uma luta com um adversário duro faltando 5 dias sem nenhuma preparação então aprendi a minha lição e ser mais calmo e paciente.

67% da suas vitórias vem por finalização/submissão, pretende se manter nessa linha ou chega a cogitar algo mais intensivo no boxe?

Eu treino para ser completo, quero ser um atleta de mma completo, assim como fui no JJ aonde a luta for eu quero me ser capaz de lutar. Lógico que o ir para o chão e finalizar é a minha preferência mas não vou só ficar insistindo em ir para o chão! Quero ficar tão confortável em pé que se precisar ficar em pé a luta toda eu ficarei.

Quem é o alvo a ser batido dentro da categoria?

Eu quero um top 15 da categoria, para mim qualquer um dentro do ranking seria uma luta interessante. Acredito que o campeão sempre é o alvo a ser batido mas vou focar em fazer a minha caminhada até ele é ter a minha chance.

A única derrota de Tanquinho foi para o atual campeão da categoria Cody Garbrandt em fevereiro de 2016, irmão de Bruno Tank, esperamos ver o brasileiro lutar em breve!!

Quem seria o melhor oponente para Augusto Tanquinho?

Share.

About Author

Bill Santos

Abílio Santos, CEO do MMA Premium, sócio da Try mídia e atendimento na Seri.e Design. Todo sucesso vem do esforço e para isso não meço limites, um eterno fanático por inovação pela evolução.

Leave A Reply