Santiago Ponzinibbio pede confronto contra Neil Magny

0

Argentino “xente boa” quer desafiar os melhores da categoria

Por: Claiton Freitas

O argentino Santiago Ponzinibbio, atual número 14 no ranking dos meios-médios falou ao site “Combate.com” sobre sua próxima luta e desafia o número 6 do ranking, Neil Magny. Confira a declaração:

“Escolhi o Neil Magny porque ele é um cara que está bem ranqueado, não tem uma luta marcada e estou precisando lutar. Também já estou dentro do ranking dos meio-médios e tenho demonstrado meu bom trabalho, ganhando de atletas muito duros, evoluindo a cada dia, mais técnico e mais maduro como atleta. Ele é um ótimo lutador, ganhou de caras duríssimos, como Kelvin Gastelum, Erick Silva, Hector Lombard e Johny Hendricks, que é ex-campeão da divisão. Ele tem um bom jiu-jítsu, é bem versátil e, por isso, acho que seria uma boa luta. Tenho que mostrar ao mundo que estou aqui para lutar e ganhar dos melhores. Acho que pode ser um combate atrativo, ele tem bom condicionamento físico, tenta o nocaute ou a finalização e é um cara que gosto de ver lutar. E eu também sou assim: agressivo, busco o domínio do duelo. Seria uma boa luta e, se o UFC marcar, não vai se arrepender.”

Magny vem de uma excelente sequência e é considerado uma das grandes promessas da divisão até 77kg. Santiago está pronto para a luta e quer lutar no Brasil. E afirma que:

“Quando a empresa marcar, estou pronto. Faz muito tempo que não luto no Brasil e, claro, gostaria de estar no card de junho. Amo esse país, tenho um carinho muito grande pelos brasileiros e competir no Brasil não seria nada mal. Mas eu não sei se dá para entrar no card de junho. Agora, quando o UFC decidir me colocar para lutar, vou estar pronto. Já estou treinando bem forte e, se Deus quiser, logo estarei lutando de novo no Brasil.”

Share.

About Author

Claiton Freitas

Um jovem gaúcho apaixonado pelo mundo das artes marciais mistas.

Leave A Reply