]

UFC 213: Alistair Overeem vence Fabricio Werdum em duelo equilibrado

0

Thiago Marreta foi o único brasileiro a vencer no evento

Por: Victor Nunes

Na última noite aconteceu na cidade de Las Vegas a edição de número 213 do UFC. Devido a baixa sofrida pela saída de Amanda Nunes do evento alegando um mal-estar, sobrou para Fabricio Werdum, Thiago Marreta, e Douglas Silva a oportunidade de representar o Brasil em Las Vegas. Com um saldo negativo de duas derrotas e apenas uma vitória, os atletas canarinhos não conseguiram se dar bem em Las Vegas pelo evento.

No co-evento principal, Fabricio Werdum enfrentou Alistair Overeem em uma trilogia que vem de muitos anos. Com a decisão empatada por 1×1, os atletas decidiram o vencedor em um combate muito equilibrado na última noite. Fabricio Werdum até começou melhor, mas Overeem começou logo a se soltar aplicando bons chutes baixos. 

Ambos os atletas buscaram fazer uma luta segura. No segundo round o brasileiro encurtou a distância e puxou o holandês para a guarda, no chão. Overeem conseguiu se desvencilhar do brasileiro com facilidade, e na trocação foi superior. Já no último assalto, o holandês manteve o ritmo, e Werdum procurou ser mais agressivo. Com bons golpes, Werdum por pouco não nocauteou o adversário no fim do combate, mas acabou derrotado por decisão majoritária dos árbitros laterais.

Já nos outros duelos envolvendo atletas brasileiros, Thiago Marreta foi o único a conseguir trazer uma vitória para o Brasil. O atleta da TFT venceu Gerald Meerschaert por nocaute técnico, aos 2m04s do segundo round, embalando na divisão dos médios. Já Douglas Silva, acabou sucumbindo diante do norte-americano Rob Font no segundo round.

“Não tem mistério, sou trocador, não escondo de ninguém que prefiro a luta em pé. Aprimorei a defesa de queda, o jiu-jítsu, defesa de queda e vai ficar cada vez pior para os meus adversários. Eu penso apenas na luta, em só uma pessoa: Gegard Mousasi, eu te respeito, mas farei tudo o que precisar para lutar contra você novamente. Eu preciso de três meses para lutar contra ele, na primeira vez, não tive esse tempo”, declarou Thiago Marreta após a vitória.

UFC 213: Whittaker x Romero
8 de julho, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL
Robert Whittaker venceu Yoel Romero por decisão unânime (triplo 48-47)
Alistair Overeem venceu Fabricio Werdum por decisão majoritária (28-28, 29-28 e 29-28)
Curtis Blaydes venceu Daniel Omielanczuk por decisão unânime (triplo 30-27)
Anthony Pettis venceu Jim Miller por decisão unânime (triplo 30-27)
Rob Font venceu Douglas D’Silva por finalização aos 4m36s do R2
CARD PRELIMINAR

Alexey Oliynyk venceu Travis Browne por finalização aos 3m44s do R2
Chad Laprise venceu Brian Camozzi por nocaute técnico a 1m27s do R3
Thiago Marreta venceu Gerald Meerschaert por nocaute técnico aos 2m04s do R2
Belal Muhammad venceu Jordan Mein por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Cody Stamann venceu Terrion Ware por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Trevin Giles venceu James Bochnovic por nocaute aos 2m54s do R2

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply