]

Amanda Nunes se defende de acusações após saída do UFC 213: “Nunca fugi de uma luta antes”

0

Campeã peso-galo do Ultimate alegou “sinusite crônica” como motivo para deixar evento

Por: Victor Nunes

No último sábado (8/07) tivemos o UFC 2013 que teria como luta principal Amanda Nunes vs Valentina Shevchenko, valendo o cinturão dos pesos-galos. Mas a brasileira passou mal logo após a pesagem e desistiu da luta. Ontem a “Leoa” explicou em seu perfil em uma rede social o que realmente aconteceu com ela.

“Todo mundo está querendo ouvir meu lado, então aqui está. Eu tenho sinusite crônica, já lutei algumas vezes com isso antes, mas, dessa vez, não deu certo. Durante o processo de corte de peso, eu não conseguia respirar e ficava tonta, por causa da pressão dos seios nasais. Não estava me sentindo bem o suficiente para arriscar a levar socos na cabeça com tanta pressão. Fui levada ao hospital depois da pesagem, e eles só verificaram meu sangue e nível de desidratação, me liberando em seguida, com base nisso. No dia seguinte, voltei lá e fizeram uma tomografia computadorizada, onde descobriram um edema. Me passaram antibióticos e encaminharam à especialistas. Nunca fugi de uma luta antes. Peço desculpas aos meus fãs que vieram me ver. A luta está sendo remarcada. Eu ainda quero essa luta. Eu ainda quero essa adversária. Obrigada. ”

O Big Boss do UFC Dana White não gostou da postura da atleta diante do ocorrido e falou que o problema da Amanda era “90% metal e 10% físico.” Agora o Ultimate vai tentar levar essa disputa para o UFC 2015 que acontece 9 de setembro, em Edmonton, no Canadá. Mas dessa vez Dana diz que está fora de cogitação colocar essa disputa na luta principal do evento.

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply