]

Valentina Shevchenko questiona profissionalismo de Amanda Nunes

0

Lutadoras iriam se enfrentar na luta principal do UFC 213

Por: Victor Nunes

Pronta para a revanche contra a brasileira Amanda Nunes, Valentina Shevchenko foi a maior prejudicada no cancelamento do confronto principal do UFC 213. Alegando um mal-estar mesmo depois de ser liberada pelos médicos, a campeã peso-galo do Ultimate, única brasileira a permanecer com o um cinturão no evento resolveu abandonar deixar o card, gerando questionamento da então adversária:

“No treino aberto, ela estava parecendo ainda grande para a divisão dos galos. Acho que ela tem, não sei, talvez 20 libras (9,1kg) a mais, e ela parecia estar bem perto desse peso. Pensei, “OK, você sabe o que está fazendo.” Mas também entendi o que ela queria fazer, ela queria cortar muito peso em pouco tempo e recuperar o máximo que pudesse, para ter vantagem no peso quando lutássemos. Mas não funciona assim, nosso corpo precisa de tempo para se recuperar. Esta é a razão pela qual ela foi hospitalizada”,  declarou Shevchenko nos bastidores da T-Mobile Arena.

O próximo passo para a quirguistanesa continua sendo a disputa do cinturão do UFC. Se será contra Amanda Nunes pelo título linear, contra outra lutadora pelo título interino, ou mesmo em outra categoria de peso, contudo, é algo que ainda está em aberto.

“Ela (Amanda) tem que lutar, ela tem que defender seu cinturão. Sobre o resto, não me importo com o que vai acontecer com ela, me importo mais com meus objetivos. Eu vou ser campeã, e não me importa, pode ser com ela ou contra qualquer outra. Ouvi algo a respeito (de a luta ser remarcada para o UFC 215, em setembro, no Canadá), mas estou pronta para qualquer data. Vou estar na minha melhor forma de novo. Terei que estender um pouco meu camp de treinos, de três meses para cinco, mas não importa. Me sinto mentalmente forte, fisicamente forte, vou descansar um pouco e continuar meu treino. Vou lutar por qualquer cinturão, pois é isso que eu quero, o cinturão! Não sei qual situação, se vai continuar sendo a Amanda, mas não me importa, porque eu sou uma lutadora de verdade, e enfrento qualquer uma”, finalizou Shevchenko.

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply