Sergio Pettis emplaca mais uma vitória no Ultimate

0

Irmão mais novo de Anthony Pettis se aproximou de uma disputa pelo título peso-mosca

Por: Victor Nunes

Categoria do campeão mais dominante do Ultimate, a divisão peso-mosca pode ter ganho um desafiante de respeito para Demetrious Johnson. Na última noite, pelo UFC México, Sergio Pettis garantiu sua quarta vitória consecutiva na carreira ao bater o mexicano Brandon Moreno em uma luta de 5 rounds por decisão unânime dos árbitros laterais (49-46, 48-46, 48-46). 

“Certamente tive que lidar com muita adversidade (no primeiro round), mas mantive a tranquilidade e sabia que tinha mais quatro rounds para provar que era melhor que ele (…). Claro que quero a luta pelo título, mas acho que ainda tem muita coisa para trabalhar para chegar lá”, declarou Pettis ainda no octógono. Lembrando que Demetrious Johnson defende o título contra Ray Borg no UFC 215.

No duelo, Moreno começou melhor levando a luta para o solo. Com a arte suave em dia, Sergio Pettis conseguiu se defender e levantar. A luta começou a ficar nas mãos do norte-americano a partir do segundo round, já que Pettis acabou sendo mais efetivo na trocação.

Apostando apenas na luta agarrada para vencer, Moreno acabou virando preza fácil nas mãos de Pettis, que fez valer a trocação para se sagrar vencedor por decisão unânime (49-46, 48-46, 48-46). Com o triunfo, Sergio Pettis chegou a 16 vitórias em 18 lutas na carreira.

UFC México
5 de agosto, na Cidade do México

CARD PRINCIPAL (23h no horário de Brasília):
Sergio Pettis venceu Brando Moreno por decisão unânime (49-46, 48-46, 48-46)
Alexa Grasso venceu Randa Markos por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Niko Price venceu Alan Jouban por nocaute técnico a 1m44 do R1
Humberto Bandenay venceu Martín Bravo por nocaute a 26s do R1
Sam Alvey venceu Rashad Evans por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Alejandro Perez venceu Andre Soukhamthath por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
CARD PRELIMINAR (20h no horário de Brasília):
Jack Hermansson venceu Bradley Scott por nocaute técnico aos 3m50 do R1
Dustin Ortiz venceu Hector Sandoval por nocaute aos 15s do R1
Rani Yahya venceu Enrique Briones por finalização aos 2m01 do R1
Jose Quiñonez venceu Diego Rivas por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Joseph Morales venceu Roberto Sanchez por finalização aos 3m56 do R1
Jordan Rinaldi venceu Álvaro Herrera por finalização aos 2m01 do R1

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply