]

Shyudi Yamauchi pretende usar o Brave para expandir “dinastia” familiar

0

Peso-galo finalmente fará sua estreia internacional após 22 lutas no circuito nacional

Por: MMA Premium

No próximo sábado, dia 12 de agosto, ele enfrenta Werlleson “Galinho” no Brave 8: The Rise of Champions, em Curitiba. E ele pretende aproveitar a plataforma do evento para expandir a ‘dinastia’ da família Yamauchi.
Shyudi é primo de Goiti, peso leve do Bellator, e começou a treinar MMA há 15 anos, quando seu tio trouxe fitas do Pride FC diretamente do Japão, onde eles nasceram. Após virem para o Brasil ainda jovens, Shyudi e Goiti começaram a treinar, motivados pelos vídeos de atletas brasileiros no extinto evento japonês, e expandiram os mesmos valores a todos os familiares. 
“Estou muito animado para a minha estreia no Brave e realmente é um sonho realizado. Sempre quis lutar por um evento internacional, queria trabalhar em um lugar que realmente tivesse uma plataforma para poder divulgar a visão da minha família em relação às artes marciais. Para nós, é um estilo de vida, não só um trabalho. Quero que as pessoas que nos vejam possam nos ter como um exemplo e quero que os fãs do Brave possam se inspirar na gente”, comentou Yamauchi, que disse gostar das comparações com Goiti.
“Sei que as pessoas sempre ligam o meu nome ao do meu primo. Isso é natural. Nós treinamos juntos há muito tempo e sempre estamos trabalhando duro para ajudar um ao outro. Minha vitória é do Goiti e a vitória do Goiti também é minha. Não tenho problema com essas comparações, pelo contrário”.
Shyudi fará sua estreia no Brave contra outro grappler em Werlleson “Galinho”. O peso galo garante, no entanto, não ter medo de ir para o chão com o adversário e garante que vai tentar a finalização.
“Eu treino jiu-jitsu desde 2002 e hoje sou faixa-preta. Já lutei MMA contra outros atletas vindos do grappling e até finalizei alguns deles. Então, tenho muita confiança no meu jogo de chão e, se a luta chegar lá, vou buscar finalizar”, garante.
O Brave 8: The Rise of Champions acontece em Curitiba, no dia 12 de agosto e terá duas lutas de título. O brasileiro Klidson Abreu enfrenta a promessa alemã Timo Feucht na luta principal. O duelo será válido pelo título inaugural do meio-pesado. Antes disso, Mohammad Fakhreddine e Carl Booth disputam o cinturão da divisão meio-médio. Em novembro, o Brave retorna ao Bahrein para fechar a International Combat Week com um excelente evento junto ao IMMAF World Championships. 
Veja abaixo o card do Brave 8: The Rise of Champions.
Card principal:
Meio-pesado: Klidson Abreu (BRA) x Timo Feucht (ALE) – Luta de título
Meio-médio: Mohammad Fakhreddine (LIB) x Carl Booth (ING) – Luta de título
Leve: Luan Santiago (BRA) x Eric Barbosa (BRA)
Meio-médio: Carlston Harris (GUI) x Rodrigo Cavalheiro (BRA)
Médio: Christiano Frohlich (BRA) x Edilberto Crocotá (BRA)
Card preliminar:
Leve: Killys Mota (BRA) x Alan Moziel (BRA)
Meio-pesado: Johnny Walker (BRA) x Eder de Souza (BRA)
Mosca: Marcel Adur (BRA) x Ervani Melonio (BRA)
Meio-médio: Wellington Turman (BRA) x Sergio de Fátima (BRA)
Meio-médio: Eduardo Ramon (BRA) x Rogerio Santos (BRA)
Galo: Shyudi Yamauchi (BRA) x Werlleson Martins (BRA)
Meio-médio: Felipe Alves (BRA)  x Diego Gasparetto (BRA)
Mosca: Thiago Dela Coleta (BRA) x Jeremy Pacatiw (PHI)
Amador: Matheus Correa (BRA) x Alisson Murilo (BRA)
Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply