Inspirada por filha, Kalindra Faria promete “arrebentar” no Ultimate

0

Lutadora vai estrear neste sábado na organização

Por: MMA Premium

Há muito tempo Kalindra Faria sonhava com o momento em que pisaria no octógono UFC. Contratada para enfrentar Andrea Lee, ex- campeã peso-galo do Legacy no UFC 216, que acontece neste sábado em Las Vegas (Nevada), a paulistana ainda teve a adversária substituída na semana do evento. Andrea Lee foi retirada do card para passar por testes da USADA (agência americana de controle antidopagem), já que testou positivo para um diurético em março de 2016. Mara Romero Borella foi a escolhida para enfrentar a brasileira que foi pega de surpresa pelo convite para lutar no UFC:

“Nem consegui dormir quando soube, eu estava jantando com a minha família e um casal de amigos, quando de repente meu celular tocou, o Allan (Puro Osso, atleta da Chute Boxe) dizendo que o Macaco (Patino) estava desesperado para falar comigo, acreditei que era para realizar mais um combate do Legacy contra a Andrea Lee. Quando consegui ligar para ele, o Macaco já pediu para reunir a família e dar a noticia que eu estava contratada e que iria lutar na categoria que eu mais queria! Fiquei emocionada, Deus me abençoou muito para chegar nesse momento, ele só disse que tinha um porém, que minha luta estava marcada para daqui duas semanas e eu já tinha que fazer as malas e me preparar, foi algo único, a ficha demorou para cair”, declarou Kalindra.

Aos 31 anos, a lutadora, natural de Taubaté-SP, acumulou passagens pelo WSOF, Titan FC, e KSW até acertar com o evento de maior destaque no mundo das artes marciais mistas. Em seu último compromisso na carreira, Kalindra Faria derrotou Carina Damm em uma trilogia que consagrou a lutadora como atual detentora do título peso-pena do Titan FC. Contratada para lutar na categoria peso-mosca, a brasileira fez questão de deixar claro que o pouco tempo de preparação não será problema para a estreia no dia 7 de outubro: 

“As expectativas são as melhores! Eu vou para buscar a vitória, meu objetivo é dar um grande show nessa estreia. Já estava treinando para combate normalmente, acreditei que iria lutar para defender meu cinturão no Legacy. Meu marido esta sempre no meu pé para treinar forte, morar com o treinador tem disso, a gente esta sempre focado e treinando todas as artes marciais. Assim que soube do combate fiquei muito feliz, a luta pode ter rolado em cima da hora, mas eu vou lá para vencer, minha adversária também foi pega de surpresa mas eu sei que isso vai ser importante para nós duas.”

Dona de um cartel com 18 vitórias e apenas 5 derrotas na carreira, Kalindra é uma das lutadoras brasileiras de maior destaque no cenário internacional dos últimos anos. Em fevereiro de 2015, a lutadora mediu forças com Karolina Kowalkiewicz no KSW, atual número 3 do ranking peso-palha do UFC, onde por detalhes não ficou com a vitória. Trilhando um caminho de superação até chegar no Ultimate, a lutadora contou uma história que emociona, quando sua filha Kaylane previu escrevendo em um caderno, que sua mãe seria contratada pelo Ultimate:

“Preciso contar um fato que me deixou sem palavras, a professora da minha filha pediu para ela escrever na agenda o maior sonho dela, e quando eu abri o caderno estava escrito isso aí… Não tem como não se emocionar, eu não subo naquele cage sozinha, minha família vai comigo, meus amigos e meus fãs estão lá dentro comigo a todo instante.”

Kalindra Faria estreou no MMA em março de 2009, quando venceu Elaine Leite por nocaute técnico no terceiro round. Desde lá 8 anos se passaram, e a lutadora parece ter encontrado o momento perfeito para lutar no UFC, já que será na sua categoria ideal, peso-mosca, recém inaugurada pela organização. 

“Essa luta representa tudo o que batalho, desde de 2000 eu pratico artes marciais. Comecei a treinar pensando em competir e conquistar o meu lugar no mundo, não foi pelo UFC, foi por um estilo de vida. Isso só vai coroar meu momento, lutei em várias categorias, vários eventos, o mundo girou e agora eu estou em um grande evento fazendo o meu melhor! Preciso ganhar essa luta, e convencer, mostrar que não treinei para estar apenas no UFC, eu vou arrebentar. Quero fazer mais duas grandes lutas e buscar a cinta! Sábado é meu dia, a galera do Brasil vai curtir, o pessoal não imagina a energia que eu estou para essa luta! Esse é meu momento!” finalizou Kalindra.

Adversária da brasileira, Mara Romero Borella é natural da província de Piacenza, na Itália. Somando um cartel com 11 vitórias, 4 derrotas, e uma luta sem resultado na carreira, a lutadora foi contratada do Invicta FC. O confronto peso-mosca entre Kalindra e Borella deve abrir o UFC 216, que acontece neste sábado na cidade de Las Vegas (Nevada).

UFC 216: Ferguson x Lee
7 de outubro, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL (a partir de 23h, horário de Brasília):
Peso-leve: Tony Ferguson x Kevin Lee
Peso-mosca: Demetrious Johnson x Ray Borg
Peso-pesado: Fabricio Werdum x Derrick Lewis
Peso-leve: Beneil Dariush x Evan Dunham
CARD PRELIMINAR (a partir de 19h30, horário de Brasília):
Peso-galo: Tom Duquesnoy x Cody Stamann
Peso-leve: Will Brooks x Nik Lentz
Peso-leve: Lando Vannatta x Bobby Green
Peso-palha: Pearl Gonzalez x Poliana Botelho
Peso-pesado: Walt Harris x Mark Godbeer
Peso-mosca: John Moraga x Magomed Bibulatov
Peso-médio: Thales Leites x Brad Tavares
Peso-mosca: Matt Schnell x Marco Beltrán
Peso-mosca: Kalindra Faria x Mara Romero Borella

Share.

About Author

Bill Santos

Abílio Santos, CEO do MMA Premium, sócio da Try mídia e atendimento na Seri.e Design. Todo sucesso vem do esforço e para isso não meço limites, um eterno fanático por inovação pela evolução.

Leave A Reply