MMA Fight Cup estreia circuito amador com grandes combates no Rio de Janeiro

0

Evento aconteceu no último domingo, 22 de outubro

Por: MMA Premium

O tradicional bairro de Vila Isabel, Zona Norte do Rio de Janeiro, é conhecido por ser um dos berços do samba, mas no último domingo (22) a terra de Noel Rosa recebeu a primeira edição do Fight Cup, evento totalmente voltado para o MMA amador, e o público que compareceu a quadra da Unidos de Vila Isabel pode assistir grandes duelos entre atletas que sonham em um dia se tornarem grandes estrelas do esporte.

A edição contou com um dia inteiro de grandes duelos de MMA amador onde os atletas deram um verdadeiro show de nocautes e finalizações. O equilíbrio foi a marca registrada do evento já que os lutadores foram divididos nas classes: estreantes (com até duas lutas), novíssimos (entre 3 e 10 lutas) e veteranos (acima de 10). Segundo o organizador do Fight Cup, Flávio Almendra, a proposta do evento é fazer o lutador evoluir assim como os profissionais envolvidos num evento de MMA, como árbitros, cutmens e até profissionais responsáveis pela produção.

“Procuramos casar as lutas entre classes como é no Boxe e já fazemos no Muay Thai a muitos anos e trouxemos para o MMA para manter o equibilíbrio entre os atletas. Aqui o atleta que está começando vai lutar com outro que também está iniciando ou que tem uma luta no máximo. Quando ele chegar a três, vamos casar o lutador com outro que tem a mesma experiência dele, para que ele possa evoluir até chegar ao profissional. Sempre procuramos colocar os duelos em igualdade de condições visando a integridade física do atleta. Além dos atletas, procuramos passar uma base para todos envolvidos no evento como árbitros, cutmens, delegados, enfim, todas as pessoas envolvidas no processo. É necessário que todos entendam a dinâmica de um evento”, disse Flavio Almendra, que também afirmou que o Fight Cup é realização de um sonho antigo.

“Esse é o primeiro evento que a gente consegue fazer desse tamanho para MMA amador, mas a gente está aqui para ficar, eu sonhava com esse campeonato a 20 anos desde que comecei a trabalhar com o Vale Tudo e quando virou o MMA. A ideia foi treinar todas as pessoas envolvidas no evento, queremos treinar os árbitros, os treinadores, jurados, cronometristas, announcers, cutmens. Queremos dar oportunidade para dar giro e rodagem para os atletas, para que eles possam subir degraus e chegar ao profissional com um pouco mais de segurança, rodagem e bagagem”, disse.

Durante a primeira edição do Fight Cup, o ex-campeão do UFC e multicampeão mundial de Jiu-Jitsu, Murilo Bustamante foi homenageado. O lider da Brazilian Top Team falou sobre a homenagem e elogiou a iniciativa de um evento totalmente voltado para o MMA amador.

“Foi uma homenagem inesperada, pois vim mais para ver a galera da nova geração do MMA e da Brazilian Top Team e prestigiar o evento do mestre Flavio Almendra, que é um amigo de longa data, nós já treinamos juntos. Ele está de parabéns pelo evento, pois a ideia do projeto é bem bacana de dar apoio chance para a galera amadora ter espaço e chance para competir, então estamos aí para apoiar e ajudar no que for necessário. Acho ótimo essa iniciativa para os amadores chegarem bem preparados no MMA profissional”, disse.

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply