Borrachinha provoca: “Brunson está com medo de lutar comigo”

0

Brasileiro não poupou críticas ao norte-americano: “É um covarde”

Por: Victor Nunes

Embalado por uma incrível vitória sobre o ex-campeão dos meio-médios, Johny Hendricks, no UFC 217, Paulo Borrachinha já sabe quem quer enfrentar em seu próximo compromisso no UFC. O brasileiro, elogiado pelo presidente da organização, Dana White, pediu por Derek Brunson, que recusou o combate afirmando que o lutador estaria dopado. Já Borrachinha declarou que Brunson estaria com medo de enfrentá-lo:

“Eu acho que ele está com medo de lutar comigo. Ele sabe que vou ser demais pra ele. Todo mundo quer o título, e ele é o sexto do ranking. Quer lutas mais fáceis. Se o argumento dele fosse que eu cheguei agora, e ele quer pegar alguém melhor ranqueado, eu entenderia. Mas dizer que eu sou dopado não tem nada a ver. Ele tentou dar uma de bobo. Botou mensagem dizendo que a gente se vê na metade de 2018 se eu não cair no doping. Eu fui testado cinco vezes nos últimos quatro meses. Quem diz que eu estou dopado está falando uma grande besteira. Sempre fui testado e nunca deu nada. Ele é um covarde”, declarou ao “Combate.com”.

Focado em conquistar uma chance pelo título em breve no UFC, o lutador quer enfrentar nomes consagrados da organização:

“Quero enfrentar os melhores ranqueados ou os caras com melhores nomes, para me projetar e para eu chegar logo ao topo, enquanto estou novo. Não quero esperar três ou quatro anos. Quero bons nomes, que tenham experiência, ou que já tenham sido campeões. O Vitor Belfort me interessaria. Essa luta já foi oferecida, mas ele recusou. Também poderia ser o vencedor de Vitor x Uriah Hall, apesar de achar que o Vitor se aposenta ou deixa o UFC depois dessa luta”, finalizou Borrachinha.

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply