Dana White fala sobre o futuro de José Aldo: “Não tem nada a provar, é uma lenda”

0

“O cara não tem nada a provar mais”, declarou o presidente do UFC

Por: Victor Nunes

Massacrado pela segunda vez consecutiva por Max Holloway no UFC, José Aldo dificilmente irá reinar na categoria peso-pena, pelo menos enquanto o havaiano ostentar o cinturão da categoria. Presidente do Ultimate, Dana White falou sobre o futuro do brasileiro, porém, não quis opinar sobre quais devem ser os próximos passos do atleta no Ultimate:

“José Aldo é um dos campeões mundiais que reinaram por muito tempo neste esporte. Ele é uma lenda absoluta, o cara não tem nada a provar mais. Acho que ele precisa se sentar com sua família e decidir o que ele quer fazer em seguida. Ele tem muito dinheiro. Não sei”, disse o mandatário.

O presidente do UFC ainda informou que José Aldo foi levado ao hospital após ser nocauteado no terceiro round por Max Holloway, além de tecer elogios ao atual campeão:

“Incrível. A forma como ele lutou hoje, andou para cima dele, tentou quebrá-lo fisicamente e mentalmente, foi incrível. Ele pareceu um monstro hoje. Ele se colocou em perigo, levou alguns golpes duros apenas para provar que podia aguentar. Foi sinistro”.

UFC 218: Holloway x Aldo 2
2 de dezembro, em Detroit (EUA)

CARD PRINCIPAL
Max Holloway venceu José Aldo por nocaute técnico aos 4m51s do R3
Francis Ngannou venceu Alistair Overeem por nocaute a 1m42s do R1
Henry Cejudo venceu Sergio Pettis por decisão unânime (triplo 30-27)
Eddie Alvarez venceu Justin Gaethje por nocaute técnico aos 3m59s do R3
Tecia Torres venceu Michelle Waterson por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
CARD PRELIMINAR
Paul Felder venceu Charles do Bronx por nocaute técnico aos 4m06s do R2
Yancy Medeiros venceu Alex Cowboy por nocaute técnico aos 2m02s do R3
David Teymur venceu Drakkar Klose por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Felice Herrig venceu Cortney Casey por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Amanda Cooper venceu Angela Magaña por nocaute técnico aos 4m34s do R2
Abdul Razak Alhassan venceu Sabah Homasi por nocaute técnico aos 4m21s do R1
Dominick Reyes venceu Jeremy Kimball por finalização aos 3m39s do R1
Justin Willis venceu Allen Crowder por nocaute aos 2m33s do R1

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply