Gladiadores do Sul #23: Itamar Rosa

0

Itamar Rosa, um dos lutadores gaúchos com maior destaque no cenário nacional, é o Gladiador do Sul de hoje

Por: Claiton Freitas

(Foto: Frederico Mombach/ Arte: MMA Premium))

Aos 38 anos o peso meio-médio Itamar Rosa pretende fazer grandes lutas nesse ano de 2018, para isso está treinando em sua própria academia Dojo Invictus e também nas equipes Union Jiu-Jítsu e Scorpion Muaythai.

Itamar possui um cartel de 10 vitórias e 5 derrotas, conseguindo um grande destaque no cenário nacional com boas apresentações em eventos como o Jungle Fight e treinou na renomada equipe Team Nogueira Rio de Janeiro.

Conversamos com Itamar Rosa sobre sua carreira:

Início no MMA

Itamar Rosa: “Iniciei no MMA em 2004 onde fiz minha primeira luta contra o faixa preta de jiu-jítsu Alex Aritana da Greice pitbull do Rio de Janeiro. Foi uma luta muito dura pois na época eu era azul de jiu-jítsu e iniciante no muaythai mas consegui sair com um belo nocaute estilo Wanderlei Silva (risos)… com os famosos pisões mata barata (risos)…”

Pontos fortes como atleta

Itamar Rosa: “Me considero um striker apesar de colocar muito bem para baixo mas gosto mesmo é da trocação, não me recordo de alguma luta que eu tenha tido a iniciativa de colocar para baixo, mas, se ir não vejo problemas com isso. ”

Avaliação da carreira

Itamar Rosa: “ Avalio minha carreira no MMA como positiva 10V e 5D entre idas e vindas conquistei meu espaço no cenário gaúcho e nacional, treinei e aprendi com alguns dos melhores lutadores do Brasil na época que defendia a Team Nogueira RJ equipe está que elevou meu nível técnico ao máximo.  No meu ponto de vista construí uma bela carreira, pensei em encerrar a carreira em 2017, mas ainda tenho muita lenha pra queimar e trabalho para dar pra esta nova geração então resolvi voltar este ano de 2018. ”

Objetivo da carreira

Itamar Rosa: “ Meu objetivo hoje é me divertir e levar o nome da minha academia da minha equipe para cenário gaúcho e nacional e quem sabe mundial, colocar meus alunos para lutar e crescerem no esporte, mas, não tenho a pretensão de ir para um UFC ou Bellator a oportunidade já passou e a vontade também. Isso requer muito tempo, dinheiro e muita abdicação em muitas áreas da vida e já passei muito trabalho por causa das lutas. ”

Planos para 2018

Itamar Rosa: “ 2018 quero me divertir¸ me emocionar, vibrar tudo com muito foco e dedicação quero lutas duras e adversários que valha apena enfrentar, voltar ao cenário mundial do MMA. ”

Avaliação do cenário Gaúcho

Itamar Rosa: “ O cenário gaúcho do MMA não é muito diferente do cenário nacional desvalorização do atleta, bolsas baixíssimas e muita cobrança. Acho vergonhoso e desonesto para com o atleta receber bolsas que não cobrem se quer os exames médicos exigidos e muitas vezes bolsas pagas com ingressos então o atleta tem que se preocupar em treinar, perder peso e ainda vender os ingressos, isso com certeza não é legal e é um dos motivos em que eu tinha desistido do MMA, mas nem tudo é ruim temos bons eventos que abrem as portas para nossos atletas os gaúchos. Hoje estão mais respeitados pelo Brasil diga isso não só no MMA mas no muaythai e a anos no jiu-jítsu também. ”

Recado para os fãs

Itamar Rosa: “Aos meus fãs e amigos primeiramente fica o meu muito obrigado por toda a torcida e carinho que tenham me dado ao longo desses anos e que podem esperar um Itamar muito mais duro nas lutas, muito mais experiente, quero travar guerras duras e muito emocionantes para eles. 2018 será um ano de emoções.  Obrigado. ”

Share.

About Author

Claiton Freitas

Um jovem gaúcho apaixonado pelo mundo das artes marciais mistas.

Leave A Reply