TJ Dillashaw: “Não sou Conor McGregor, vou defender o meu cinturão, não tenho medo de luta”

0

Campeão dos galos afirmou que é o melhor lutador peso-por-peso do mundo 

Por: João Carlos

Depois de recuperar o título dos galos do UFC ao bater o seu rival, Cody Grabrandt, TJ Dillashaw desafiou o campeão da categoria debaixo e considerado o melhor lutador peso-por-peso do mundo, Demetrious Johnson. Contudo, nada ainda foi confirmado sobre esse confronto, porém o detentor do título da divisão até 61 kg não deixou de reiterar o seu desejo de enfrentar “Might Mouse”.

Segundo Dillashaw, ele que deveria ser o primeiro colocado dos peso-por-peso do mundo, por isso, ele quer bater Johnson para confirmar seu pensamento. Entretanto, o americano não deixou de mencionar que pode defender o seu título e alfinetou Conor McGregor na sua declaração.

“Na minha cabeça, eu deveria ser o número um (pesos-por-peso). Então, preciso vencer Demetrious Johnson para provar que sou o melhor e será uma coisa enorme para o meu legado, ser o campeão em duas categorias de peso. Eu não sou Conor McGregor. Vou estar defendendo meu cinturão. Não tenho medo de lutar “, declarou TJ em entrevista para o FloCombat.

Contudo, diferente de McGregor que não deixou vago o título dos pesos-penas, depois de subir e conquistar o dos leves, Dillashaw deixaria o cinturão dos galos para descer e enfrentar Demetrious.

TJ também relembrou de seu revés para Dominick Cruz, que resultou em sua perda do cinturão do UFC. Por isso, há mais um motivo para ele encarar Johnson na categoria dos moscas e buscar o seu sonho de ser o número um peso-por-peso.

“Esta é uma maneira de colocar selar o meu legado. Eu estava um pouco magoado perdendo de decisão dividida para Dominick Cruz. Porém não estava com uma série de vitórias de 13 lutas e sendo chamado de melhor peso-por-peso do mundo”, disse em comparação a Demetrious.

Dillashaw era o campeão da categoria dos galos até bater de frente com Dominick e ser derrotado por decisão dividida em janeiro de 2016. Após isso, ele venceu Raphael Assunção e John Lineker para se credenciar a outra disputa de cinturão que foi tomado por Garbrandt. Em uma luta dura, TJ nocauteou seu rival pelo UFC 217, em novembro do ano passado, e recuperou a cinta do Ultimate.

 

Share.

About Author

Leave A Reply