Cyborg cumpre programa de raiva após agressão a Magaña

0

   Caso descumprisse as regras, campeã corria risco de ficar presa por 45 dias

Por Hugo Noronha

Cris Cyborg não está mais com problemas com a justiça americana. Ela participou de um programa de “controle de raiva” após ter desferido um soco à lutadora Magaña, em maio do ano passado, em Las Vegas.

Mesmo ter declarado inocência, a brasileira aceitou cumprir todas as determinações judiciais e garantir ficar longe de brigas por ano menos seis meses. Cyborg corria o risco de ficar presa por 45 dias caso descumprisse alguma regra.

A acusação foi arquivada e o caso foi encerrado. Magaña, que havia ameaçado a brasileira com um processo pelo incidente, ate o momento não fez.

A confusão começou após Cyborg não ter gostado dos comentários de Magaña nas redes sociais, especialmente um que ridicularizava a aparência física da brasileira em fotos de sua visita ao Hospital do Cãncer.

A brasileira teria confrontado à adversária sobre as postagens do lado de fora do hotel onde estavam hospedados cerca de 300 lutadores em Las Vegas.

Share.

About Author

Leave A Reply