Exclusivo: Renato Moicano fala sobre o confronto contra Cub Swanson neste sábado

0

Lutador será um dos 6 brasileiros presentes no UFC 227, que acontece em Los Angeles

Por: Gabriel Pinho

Renato está pronto para maior desafio na carreira (Foto: Reprodução / Instagram)

Atualmente encabeçando os top 10 da divisão o jovem atleta brasileiro Renato Moicano vai passar por mais uma prova de fogo neste sábado encarando o americano Cub Swanson.

O atleta já não é mais tido como promessa e sim como um contender gabaritado para disputar o cinturão, o brasileiro possui um cartel invejável de 12 vitórias sendo elas contra Jeremy Sthepens e Calvin Kattar e apenas uma derrota para Brian Ortega em um combate que foi eleito a luta da noite, e agora vai encarar o Top 5 da categoria podendo ter então sua chance de disputar o cinturão dos penas.

Em uma conversa com o atleta Renato Moicano respondeu algumas perguntas para o MMA Premium sobre seu próximo embate, confira:

Você está em reta de colisão para uma possível chance de disputar cinturão, essa pressão te incomoda?

– Essa pressão não me incomoda, isso só me motiva que eu queira mais a luta e queira mais o combate.

Swanson é um dos atletas mais gabaritados da divisão dos penas, você precisou ajustar algo em seu jogo para essa luta?

– Todo atleta a gente ajusta de acordo com a estratégia para cada um, com o Swanson não foi diferente, vamos estar bem alinhado no dia da luta e vai dar tudo certo.

Suas qualidades em pé são notórias principalmente o jogo de boxe e Muay Thai extremamente refinado, acredita que sua envergadura possa fazer diferença na luta como foi contra o Sthepens?

– Acredito que a envergadura pode fazer a diferença com certeza tendo em vista o tamanho do meu adversário, e acredito que tudo vai transcorrer da melhor maneira possível para garantir a vitória no sábado.

Vencendo o Swanson, uma revanche contra o Ortega está nos planos?

– A revanche contra o Ortega está nos planos com certeza, não só o Ortega, mas quem tiver no Top 5 ou para disputar o cinturão eu quero chegar bem.

Desde seu único revés na carreira o que tirou de experiência para evoluir?

– Eu tirei da experiência muito boa, perder faz parte do jogo a gente precisa saber perder para aprender a ganhar, então não é o fim do mundo é um começo de um novo Moicano, quando eu perdi eu me tornei um novo lutador e esse lutador está ficando cada vez melhor.

UFC 227
4 de agosto de 2018, em Los Angeles (EUA)

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-galo: TJ Dillashaw x Cody Garbrandt
Peso-mosca: Demetrious Johnson x Henry Cejudo
Peso-pena: Cub Swanson x Renato Moicano
Peso-mosca: Polyana Viana x JJ Aldrich
Peso-médio: Thiago Marreta x Kevin Holland
CARD PRELIMINAR (19h15, horário de Brasília):
Peso-galo: Pedro Munhoz x Brett Johns
Peso-galo: Ricky Simon x Montel Jackson
Peso-pena: Matt Sayles x Sheymon Moraes
Peso-mosca: Alex Perez x José Torres
Peso-galo: Ricardo Carcacinha x Kyung Ho Kang
Peso-palha: Danielle Taylor x Weili Zhang
Peso-pena: Marlon Vera x Wuliji Bure

Share.

About Author

Gabriel Coelho Pinho

Sou repórter e colunista do MMA Premium, tenho como ambição fazer cada vez mais o site crescer de uma maneira que se torne o quão mais atrativo para que nossos leitores fiquem sempre satisfeito com a qualidade e serenidade nas matérias. Também almejo tornar nosso site internacionalmente conhecido com matérias transcrevidas em outros idiomas para melhor expansão.

Comentários no Facebook