Liddell aprova trilogia com Oritz, mas reitera: “Só vou acreditar quando ele entrar no cage”

0

“Iceman” venceu seu antigo rival duas vezes por nocaute no UFC

Por: MMA Premium

Depois de Tito Ortiz afirmar que aceitaria lutar contra Chuck Liddell de novo, foi à vez da outra parte responder. Em entrevista para o “TMZ Sports” na última quarta-feira (21), “Iceman” disse que aceitaria fazer uma trilogia contra o “O Bad Boy de Huntington Beach”, contudo ele não bota toda fé que seu oponente irá dividir o mesmo cage.

“Seria ótimo (lutar com Ortiz). Eu não tinha visto isso. Alguém disse algo, mas eu não tinha visto nada. Porém, só vou acreditar quando eu ver, quando ele realmente assinar o contrato e então só acreditarei novamente quando ele realmente aparece na luta”, continuou Liddell.

“Tenho dificuldade em acreditar. Ele saiu fora da última vez. É o que é. Se ele realmente assinar para lutar, ficarei feliz”, disse o ex-atleta de 48 anos de idade relembrando quando ele e Tito se enfrentariam pela terceira vez, contudo o seu rival acabou deixando de lutar e “Iceman” foi derrotado por Rick Franklin.

Com ambos os lutadores aparentemente dispostos a se enfrentarem, só há apenas um grande impedimento para a luta ocorrer: a liberação da comissão. Ortiz crê que ninguém possa sancionar Liddell para lutar, por causa da idade (48 anos) e também porque ele não luta desde 2010, sem contar que nas últimas seis apresentações, quatro ele foi nocauteado e ficou inconsciente. Contudo, Iceman acredita que ele consiga sim uma liberação e mandou um recado para seu antigo rival.  

Não sei por que não seria (liberado para lutar). Tive exames médicos para o meu show de escalada de montanha e foi tudo tranquilo, então eu deveria estar bem. Teremos que ver. Se eles não liberarem, ficaria chocado. Eles liberaram muitas pessoas em muito menos forma do que eu”, disse.

“Eu já o venci duas vezes. Ele provavelmente está esperando que eu realmente recuse e ele possa aproveitar isso. Se ele realmente aparecer (na luta), será uma má notícia para ele”, encerrou Liddell.

Share.

About Author

Comentários no Facebook