Exclusivo: Lucas Mineiro fala sobre a Capital da Luta e futuro no Brave

1

Lucas Mineiro falou sobre a experiência de ter sua própria academia e cinturão do Brave CF

Por: Bill Santos e Claiton Freitas

Aos 29 anos, Lucas Mineiro Martins vive uma grande fase na carreira, sendo o detentor do cinturão  peso-leve do Brave CF, além de comandar a academia Capital da Luta, que está fazendo um enorme sucesso em São Paulo.

Lucas Mineiro nos falou sobre sua academia e planos para o futuro:

Como surgiu a ideia da Capital da Luta e como tem sido essa experiência?

A ideia de montar a Capital da Luta é antiga, eu e meu cunhado sempre planejamos montar uma academia. O Alexander Correa, marido da Ana Hickmann, chegou junto com nós, a Ana Hickmmann sempre treinou comigo e com o Caio Franco meu cunhado. Procuramos um local perto de onde moramos e concretizamos a ideia. A experiência é ótima, eu sempre dei aulas em academias, estou acostumado com isso, mas ter a experiência de trabalhar com a família está sendo muito gratificante. Graças a Deus está dando tudo certo.

Quais atletas estão treinando contigo atualmente?

Hoje na academia tem vários atletas profissionais, tem o Martinho meu pupilo, lutador até 93kg que está com cinco vitórias e duas derrotas no MMA nacional, o Flávio Queiroz também treina comigo a bastante tempo, tem nove vitórias e duas derrotas no MMA, o Rafael Tocha sete vitórias e duas derrotas, o Danilo Adriani sete vitórias e duas derrotas e agora a Luana que está despontando e vai lutar o Contender Series, essa é parte de atletas profissionais da academia, estamos com muitos atletas chegando.

Você é conhecido por treinar uma galera famosa, como a Ana Hickman e o Wiz Khalifa, quem mais é frequentador da academia?

Aqui na academia tem o meu cunhado e sócio, o Caio Franco, que possui grande conhecimento do pessoal que estão nas mídias. Ele é o personal e meu preparador físico, além de treinar os famosos como a Ana Hickmann. O Wiz Khalifa veio treinar aqui sim, o Werdum e o Rafael dos Anjos vieram treinar aqui. Mas todo dia tem uma galera aqui, o Henrique Fogaça, o Badauí. O Caio faz o treino funcional com eles e, consequentemente, acabam fazendo uma manopla um muay thai aqui na academia.

Você tem uma carreira incrível no MMA, pretende se manter em atividade?

Eu continuo em atividade sim, sou muito novo vou fazer 30 anos. Acho que estou na minha melhor fase tenho 20 vitórias e apenas três derrotas, sendo que venho de cinco vitórias seguidas. Sou o único atleta brasileiro a sair do UFC com vitória, não tenho esse sonho de voltar para o UFC, mas eu tenho uma carreira concreta, sou dono do cinturão do Brave, quero defender esse cinturão ou fazer uma atividade em outro evento. Estou treinando duro com meus atletas e logo mais estarei lutando.

A academia hoje é voltada para atletas profissionais ou os fãs podem se arriscar no tatame?

Minha academia hoje em dia é voltada para atletas profissionais e para alunos recreativos. Tenho muitos alunos recreativos, tenho muitos aqui na academia, que sãos os que vem fazer o muay thai, o boxe, o treinamento funcional por atividade física, por estilo de vida, perca de peso e também se espelham nos atletas profissionais. Eu acho que para academia se manter tem que ter os atletas profissionais que levam o nome, mas os recreativos estão aqui na academia todo dia para formar aquela família gigante quando lutamos em São Paulo, ir mais de 3 mil pessoas aqui em São Paulo, mostrando nossa força nas redes sociais, bem legal isso.

Você tem o cinturão do Brave hoje, o que um evento precisa fazer para contar com um campeão no plantel?

O Brave é um grande evento, estão me tratando muito bem, sempre como a estrela deles. Me colocaram para lutar pelo cinturão, graças a Deus eu ganhei de um atleta muito duro que também é meu amigo, o Luan Miau. Estou querendo lutar novamente, muito bom está lá, me tratam muito bem como um grande evento tem que ser e me valorizam baste, isso é muito legal. Provavelmente estarei colocando algum atleta meu para lutar lá, já que as portas estão abertas, vamos ver o que vai acontecer lá na frente.

Atualmente, Lucas Mineiro é considerado por muitos um dos melhores lutadores de MMA fora do UFC, isso se deve a seu cartel de 20 vitórias e apenas três derrotas, além dos cinturões que conquistou como o do Brave FC.

Share.

About Author

Claiton Freitas

Um jovem gaúcho apaixonado pelo mundo das artes marciais mistas.

Comentários no Facebook