Lyoto Machida afirma que rencontro com Mousasi é inevitável: “Questão de tempo, vai acontecer”

0

Lutador ainda revelou motivos que o levaram a acertar com o Bellator

Por: Victor Nunes

O que seria a despedida de Vitor Belfort das artes marciais mistas acabou sendo também a última vez em que Lyoto Machida pisou no octógono do UFC. Contratado do Bellator nos últimos dias, o ex-campeão do Ultimate pode reencontrar um velho conhecido na nova organização, já que Gegard Mousasi atualmente ostenta o título peso-médio do evento:

– Acho que é uma luta boa. O Mousasi é um grande atleta, e isso é uma questão de tempo, vai acontecer. É o que eu quero, o que venho procurando, lutas interessantes – declarou Lyoto ao “Combate.com”.

Contratado do UFC desde 2007, Lyoto acumula na carreira um cartel com 24 vitórias e apenas 8 derrotas. Campeão do UFC em 2009, quando venceu Rashad Evans em uma das melhores atuações de sua carreira, Lyoto acumula recentemente altos e baixos na organização. De volta depois de ser suspenso pela USADA, “O Dragão” revelou os motivos que o levaram a acertar com o maior concorrente da organização presidida por Dana White:

– Normalmente, antes da última luta o UFC renegocia o contrato. No meu caso foi um pouco diferente, ele deixou o contrato correr e, quando acabou minha última luta, eu estava livre para negociar com outra entidade. Esperei ainda uma semana, uma semana e meia e ninguém entrou em contato. Comecei então a tomar minhas atitudes, e aí falei com o UFC. Eles disseram que tinham uma proposta, mas não estava me agradando tanto, e aí fui no Bellator, que fez uma proposta mais interessante. Fui no UFC e avisei que tinha recebido tal proposta, e eles cobriram, mas já tinha dado minha palavra ao Scott Coker (presidente do Bellator). O UFC falou que podia dar exatamente o que o Bellator queria dar, mas foi uma questão de acordo. O Ultimate entendeu no final, e ainda falei com o Dana, que disse: “Poxa, Lyoto, queria tanto que você tivesse ficado aqui”. Mas disse a ele que ficava chato dizer não ao Bellator. A gente foi ensinado assim, a ter palavra. De forma alguma (saí brigado). Recebi mensagem do CEO do UFC, do Dana, e no final eles entenderam que era business, não havia nada ilegal ou imoral.

Contratado nos últimos dias pelo maior concorrente do Ultimate, Lyoto ainda aguarda para saber quem será seu primeiro oponente na organização.

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply