Shooto Brasil 84: Sob olhar do zagueiro Thiago Silva, Hacran Dias retorna com vitória

0

Evento deste sábado coroou o ex-atleta do UFC, que bateu Maurício Machado por finalização; Jogador da Seleção Brasileira e do PSG marcou presença ao lado de José Aldo

Por: MMA Premium

O Shooto Brasil realizou mais uma edição na noite deste sábado, dia 26 de maio, no Rio de Janeiro. A Upper Arena, berço do evento na Zona Sul carioca, recebeu um visitante ilustre para essa edição. O zagueiro Thiago Silva, da Seleção Brasileira e do PSG, aproveitou a última folga antes da viagem à Europa para a Copa do Mundo e prestigiou o evento ao lado do amigo José Aldo. Ambos viram o parceiro do astro do UFC, Hacran Dias, ex-atleta do Ultimate, bater Maurício Machado na luta principal da noite por finalização e retornar ao Shooto com vitória.

Outros destaques da noite foram as vitórias de Lucas Ananias sobre Douglas Moreno no co-main event da noite e Willian Ferreira policial do Bope que fez a festa do público e dos companheiros de corporação presentes ao bater Rafael Cacique. Rafael Bernardo, também policial da Batalhão de Operações Especiais, foi surpreendido por Jaciel de Souza e acabou nocauteado.

O octógono do Shooto Brasil viu um retorno de um velho conhecido na noite deste sábado. Presente na segunda edição do show, em 2007, e ex-campeão dos penas e leves do evento, Hacran Dias retornou após passagem de cinco anos no UFC.

Muito empurrado pela torcida, o atleta cria do Morro Santo Amaro, na Zona Sul carioca, fez bonito. Logo no início da luta ele conseguiu uma queda e buscou a finalização, que não veio com um katagatame ajustado, mas saiu com uma linda chave de braço para delírio do público presente. Foi a 24ª da carreira do carioca.

O co-main event da noite colocou frente a frente Lucas Ananias e Diogo Moreno, que aceitou o duelo com poucos dias de antecedência. O duelo estava equilibrado até o início do terceiro round, quando Ananias acertou um chute fatal na linha de cintura de Moreno. Fim de luta e vitória por nocaute. Um dos atletas mais festejados da noite foi Eliandro PQD.

Criado no orfanato vizinho a Upper Arena, o carioca estava em casa. E ele correspondeu às expectativas. Muito superior a Wanderson Michel ele não teve dificuldades para vencer por decisão unânime após dominar os três rounds. O duelo entre Carlos Eduardo Blade e Bruno Alexandre foi mais morno e terminou com triunfo de Blade por unanimidade.  

Policiais do Bope são ovacionados, mas têm destinos opostos

Alguns dos pontos altos da noite foram, sem dúvidas, as lutas de Rafael Bernardo e Willian Ferreira, dois policiais do Bope. Muito festejados pelo público e com a torcida de companheiros de corporação nas arquibancadas, os dois tiveram destinos distintos. Enquanto Willian fez um combate muito equilibrado diante de Rafael Cacique e venceu por unanimidade após mostrar um jogo de quedas afiado, Rafael foi surpreendido por Jaciel de Souza e, apesar do início melhor, sofreu um nocaute antes do término do primeiro round.

Na única luta feminina da noite Valesca Tina e Julia Polastre travaram uma batalha toda desenrolada na luta em pé. Com a trocação afiada, as duas alternaram bons momentos e no final quem levou a melhor por decisão unânime foi Valesca. Atleta da casa, ela foi muito apoiada pelo público. Cemey Meiota e Lucas Perizinho fizeram o único combate acima de 80kg do evento. Pela divisão dos médios, ambos protagonizaram um duelo muito equilibrado, decidido no round final após domínio de Cemey. Vitória para ele por unanimidade. Nas lutas iniciais do Shooto Brasil 84 destaque para Cristian Rodrigo e Lucas Gusmão. O primeiro bateu Luis Karate por nocaute enquanto o segundo finalizou Paulo Ricardo com uma bela chave de braço.

Shooto Brasil 84 – Resultados oficiais
Hacran Dias finalizou Mauricio Machado com uma chave de braço aos 3min e 58seg do primeiro round
Lucas Ananias venceu Douglas Moreno por nocaute técnico aos 39 seg do terceiro round
Carlos Eduardo Blade venceu Bruno Alexandre por decisão unânimee
Eliandro PQD venceu Wanderson Michel por decisão unânime
Jaciel de Souza Lima venceu Rafael Bernardo por nocaute técnico aos 2min e 17 seg do primeiro round
Valesca Tina venceu Julia Polastri por decisão unânime
Cemey Meiota venceu Lucas Perizinho por decisão unânime
William Ferreira venceu Rafael Cacique por decisão unânime  
Cristian Rodrigo venceu Lucas Karate por nocaute técnico a 1 min e 52 seg do segundo round
Lucas Gusmão finalizou Paulo Ricardo Silva com uma chave de braço a 1min e 25 segundos do primeiro round                                                          

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply