Vinicius Zani sobre disputa pelo título do Legacy: “Podem esperar sangue”

0

Brasileiro desafia Ricky Simon pelo título peso-galo da organização na próxima sexta-feira (23)

Por: MMA Premium

Atualmente na Black House, o paulistano Vinicius Zani disputa na próxima sexta-feira o cinturão do Legacy FC. Em luta válida pelo título peso-galo, o atleta de 30 anos desafia o atual campeão Ricky Simon pelo cinturão do evento. Morando nos Estados Unidos em busca de um sonho, o atleta que é conhecido como “The Little Devil” em terrar americanas aguardava há muito tempo por essa oportunidade de lutar pelo título do LFA:

– A caminhada até o cinturão foi longa. São 18 anos que estou correndo atrás de uma oportunidade como essa. Essa é a terceira vez que estou em Los Angeles, agora que estou conseguindo abrir essa porta. foi muito difícil, mas consegui chegar em um dos maiores eventos do mundo – declarou Zani.

O atleta brasileiro vem em uma sequência de 4 vitórias consecutivas na carreira, sendo 3 no cenário internacional, contra respectivamente Joe Murphy, Willian Joplin e Joey Miolla. Agressivo no cage, o lutador é reconhecido no cenário brasileiro pelo duelo que fez contra Thomas Almeida em março de 2014, onde apesar da derrota, levou o público ao delírio no MMA Super Heroes 3 . De olho em uma oportunidade ainda maior no cenário internacional, Zani espera faturar o título do Legacy para enfim conquistar o grande sonho que é chegar ao UFC:

– Tem que ser, espero por essa oportunidade desde 2014, quando fiz a luta do ano Brasil com o Thomas Almeida (coroada pelo prêmio Oswaldo Paquetá). Creio que seja a última luta no Legacy, não perco desde 2014. Acreditava que conseguiria entrar até antes, mas estou focado nessa luta, prefiro pensar no UFC depois. Meu foco agora é esse cinturão!

Longe do Brasil há mais de um 1 ano, Zani tem que lidar com a saudade do filho de 1 ano e 3 meses. Agressivo no octógono, o lutador já carimbou 5 triunfos por nocaute na carreira. Rival do brasileiro no Legacy 36, Ricky Simon possuí um cartel com 11 vitórias e apenas um revés na carreira. Com o mesmo número de vitórias do adversário norte-americano, o brasileiro promete travar uma verdadeira guerra na luta principal do evento que acontece Califórnia:

– Podem esperar um Zani muito agressivo nessa luta. Estou há mais de um ano longe de tudo, da minha família. Vou lutar com muito ódio nessa luta, é o que me motiva, o coração na ponta da luva, meu filho na ponta da luva. Podem esperar sangue, guerra sempre. Agradeço a galera do Brasil que me mandam uma vibe positiva. Sexta-feira fiquem de olho, que vou a caça levar esse cinturão para o Brasil! – finalizou Vinicius.

Share.

About Author

Victor Nunes

Leave A Reply