Ariane Guarnier fala sobre projeto social e a importância do Jiu-Jitsu “para salvar vidas”

0

Ao lado de Renan Jacques, Ariane Guarnier comanda projeto social no Espírito Santo

Por: MMA Premium

Faixa-preta, a capixaba Ariane Guarnier ostenta nada menos do que o título mundial de Jiu-Jitsu na categoria Master, conquistado em 2017 na cidade de Las Vegas. Campeã estadual e de outros torneios, a atleta de 36 anos começou nos esporte há aproximadamente 19 anos, quando se apaixonou pela modalidade. Faixa-preta desde 2014, a lutadora decidiu que apenas competir não era o suficiente, dessa forma decidiu “desenvolver” um projeto social ao lado do amigo, também faixa-preta Renan Jacques, que visa ensinar Jiu-Jitsu para crianças carentes. 

– Sempre tive vontade de fazer um projeto social, gostaria muito de contribuir de alguma forma com as pessoas que realmente não tem condição de praticar algum esporte. Acredito muito no esporte, gostaria muito me doar nesse sentido. Há algum tempo queria elaborar esse projeto, mas nunca tinha parado para executar, até que encontrei o Renan Jacques que conheço desde a faixa-branca. Nos encontramos em um campeonato e ele me falou que estava querendo fazer um projeto na igreja eu gostei da ideia, conversamos, vimos que tinha um alinhamento de ideias, e acabei abraçando o projeto que ele estava querendo começar. Começamos praticamente juntos, ele é membro da igreja, fizemos rifas pra conseguir o tatame. O projeto começou no dia 19 de janeiro, e estamos bem otimistas. 

Nomeado como “Projeto Renovação Jiu-Jitsu”, a proposta é ensinar para as crianças carentes a importância do esporte com disciplina, passando os valores da modalidade, e investindo na criança para formar um cidadão de bem no futuro. O projeto que teve sua aula inaugural no dia 28 de janeiro desse ano atende crianças entre 6 a 16 anos em Vila Velha, no Espírito Santo. Questionada sobre a importância do projeto, Ariane Guarnier acredita que uma ação como essa pode mudar inteiramente a vida de uma criança:

– Para mim o esporte salva vidas. No tatame, nos treinos, eu acredito que posso ajudar tanto na gestão emocional, ensinando a ter disciplina, respeito, superação, perder, ganhar, cair e levantar, quanto na questão de eliminar o tempo em que a criança poderia estar fazendo coisas “erradas”.

Um dos principais incentivadores do projeto, o Pastor Moises abriu as portas da Igreja Batista Renovada em Itaparica para a realização do projeto. Com o apoio da comunidade, as aulas já estão a todo vapor, onde diversas crianças já fazem parte. Pensando além da carreira como atleta, e o prestígio que o esporte pode proporcionar, Ariane viu na oportunidade de ajudar algo mais importante do que uma medalha no peito:

– Hoje enxergo a vida de uma forma diferente. Penso que você não é o que você tem ou o que você “é”, você nesse mundo é o que você deixa. Por isso quero deixar o meu melhor em tudo que eu fizer e com todas as pessoas que eu tiver oportunidade de conviver – finalizou Ariane.

Confira abaixo as fotos da inauguração do projeto:

Share.

About Author

Redação MMA Premium

Com uma equipe de redatores formada por estudantes e graduados na área de comunicação, buscamos trazer o que há de mais recente e curioso no mundo das artes marciais mistas.

Leave A Reply