Atleta do Invicta FC, Nicolle Caliari fala sobre como o Coronavírus impactou na sua carreira

0

Se mantendo ativa e treinando em casa, a curitibana não pisa no cage desde outubro de 2019

Com a paralisação imposta pela pandemia do Covid-19, muitos atletas vem tentando se adaptar com a situação. Para Nicolle, de 23 anos, os tempos atuais prejudicam todos aqueles que vivem do esporte, tanto no treinamento quanto no financeiro.

Em entrevista exclusiva com o MMA Premium, Nicolle Caliari, atleta da Thai Brasil, e com um cartel no MMA com quatro vitórias e duas derrotas, falou sobre o momento vivido e como ela tem feito para reverter essa situação difícil. Confira!

Nicolle, como se manter focada em tempos tão complicados, sua rotina de treino em casa é a mesma do que na academia?

Estamos passando por um momento difícil, e realmente manter a rotina desta forma é complicado, por mais que de para treinar sozinho, em casa, não é a mesma coisa, todos nós temos uma rotina e para um atleta uma rotina e essencial, até da para fazer treinos em casa, mas não tem a mesma intensidade que na academia.

Confira as últimas notícias do MMA Premium

Qual será o impacto dessa crise na vida do atleta profissional? O que fazer para não perder nem trabalho ou motivação?

Não há dúvidas de que o impacto e as consequências disso tudo são enormes não só na vida do atleta, mas de qualquer pessoa. Eu tenho outras fontes de renda, mas a maioria dos atletas não tem. Atletas podem ser comparados a trabalhadores autônomos, sendo assim, sem trabalho sem dinheiro, e sem dinheiro não tem como treinar ou se manter.

Os eventos precisam de pessoas, e os atletas precisam de eventos para lutar, então a fase é muito crítica. Temos que ter fé e acreditar que tudo vai dar certo, tentar manter o foco da forma que da, por mais difícil que seja, e se manter em movimento, e quando tudo normalizar correr atrás do prejuízo.

Você faz outras coisas além de ser atleta profissional?

Sim, eu estudo, faço faculdade de direito estou quase me formando. Também dou aulas de Muay Thai e estou abrindo meu próprio negócio agora que ainda não posso divulgar, mas é uma grande conquista pra mim e logo vou poder falar. Sou meio supersticiosa, sabe?! Gosto de falar quando tudo já deu certo (risos).

Que recado você daria para todos os atletas que estão encarando essa situação?

Tenham Fé, não desanimem se mantenham em movimento e trabalhe a mente, o mais importante agora é manter a calma, trabalhar o psicológico porque e ele que nos enfraquece muitas vezes.

E como eu disse, quando tudo normalizar, voltem para suas academias, treinem muito, corram atrás do prejuízo, mas não pensem só em vocês, ajudem seus professores os donos das academias a conquistarem seu público novamente, porque o prejuízo para eles também é grande, e infelizmente talvez a sua academia não feche, mas muitas irão fechar, assim como muitos comércios e enfim. Sejam solidários. Tudo vai ficar bem!

Nicolle Caliari

A última luta de Nicolle foi no Invicta 37, onde acabou sendo finalizada, via guilhotina, pela americana Kay Hansen, em agosto de 2019. O retorno da peso-palha é aguardado por grande parte dos amantes da trocação.

Share.

About Author

Avatar

Estudante de jornalismo, apaixonado por futebol e MMA.