fbpx

CM System e Ricardo Tirloni vencem prêmios de fim de ano do Brave

0

CM System e Ricardo Tirloni vencem prêmios de fim de ano do Brave

Por: Assessoria de Imprensa

O Brasil foi bem representado nas premiações do Brave Combat Federation, maior evento de MMA do Oriente Médio, conquistando dois prêmios em cinco categorias. O peso leve Ricardo Tirloni conquistou a Finalização do Ano por seu triângulo de mão diante de Ramon Cardozo, enquanto a CM System, liderada por Cristiano Marcello, levou o prêmio de Melhor Equipe do Ano. A eleição foi conduzida através de uma votação feita pelos fãs da organização nas redes sociais.
Tirloni, que fez sua estreia no Brave 15, disputado em setembro na Colômbia, superou nomes marcantes, como Bruno Malfacine, decacampeão mundial de jiu-jitsu, além de Nawras Abzakh, Najam Kham e Jarrah Al-Selawe.
Já a CM System contou com um ótimo 2018 de Maria Ribeiro, Gabriel “Fly”, Luan “Miau” Santiago e Geraldo “Luan Santana” para levar o prêmio de melhor equipe, superando outros grandes times locais, como a Team Lakay (Filipinas), KHK MMA (Bahrein), Team Nogueira Dubai (Emirados Árabes Unidos) e Fight Fortress (Paquistão).
Na votação para melhor nocaute do ano, o meio-médio Rodrigo Cavalheiro ficou no quase. Apesar de ter impressionado com seu KO sobre Karl Amoussou no Brave 13, o brasileiro acabou superado por Rami Hamed, que apagou Gadzhimusa Gaziev com um poderoso gancho de esquerda no Brave 21. Hamed também foi mais votado que Jeremy Kennedy, Djamil Chan e Yibugele.
Entre as revelações, o Brasil também ficou para trás, já que Cleiton Predador acabou sendo vencido por Khamzat Chimaev. Já na eleição de Melhor Lutador do Ano, o prêmio ficou para o campeão peso galo Stephen Loman, que superou, entre outros, o ex-UFC Jeremy Kennedy e Abdul-Kareem Al-Selwady, algoz de Lucas “Mineiro” e novo campeão peso leve do Brave.
Share.

About Author

Claiton Freitas

Um jovem gaúcho apaixonado pelo mundo das artes marciais mistas.

Leave A Reply