Daniel Cormier cogita aposentadoria caso não reencontre Stipe Miocic no UFC

0

Cormier se diz prejudicado com a espera e provoca rival: “posso imaginar por que ele não gostaria de lutar.”

Stipe Miocic desbancou Daniel Cormier em agosto de 2019, a luta foi uma revanche de Miocic que havia perdido há um ano atrás. Com uma conquista para cada lado, ficou o desejo de um desempate. Apesar de Cormier já ter adiado sua aposentadoria, que seria em 2019, para ceder a revanche ao rival e da vontade que ele tem de reencontrar o adversário, o atleta se diz incomodado com a espera.

Dana White revelou que o encontro deverá ser a próxima disputa pelo cinturão, mas Daniel não acredita tanto nessa possibilidade, já que o empresário de Miocic disse que o lutador está se recuperando de uma cirurgia nos olhos e que não há previsão para seu retorno aos duelos. Afirmou que o atleta só voltará a competir quando estiver com ‘100% de confiança’.

Cormier se mostrou incomodado com a situação em entrevista cedida ao “Ariel Helwani’s MMA Show”.

“Você não pode esperar para sempre. Cada dia que passa não me beneficia. Sou realista, entendo isso. Ou vamos fazer ou não. Quando eu lutar, será pelo cinturão ou não vou lutar. Isto não tem a ver com dinheiro, é sobre terminar algo que nós começamos. E porque sei que posso vencê-lo”, afirmou o atleta.

Ademais, Daniel diz não se sentir motivado a lutar com outros adversários além de Miocic e deixa claro que, caso aconteça, pode ser sua última luta no MMA.

“Eu realmente não gostaria de lutar com mais ninguém. A esta altura, Stipe tem a capacidade de me aposentar”, disse.

O ex-duplo campeão do UFC relembrou os duelos disputados e aproveitou para provocar o adversário.

“Nós lutamos cinco rounds (somando as duas lutas) e eu venci quatro. Então posso imaginar por que ele não gostaria de lutar”, completou Cormier.

Share.

About Author

Avatar