De olho em Valentina, Jéssica Andrade sonha com mega-luta: “Seria uma grande conquista lutar com ela”

0

Atual número um do peso-palha feminino, brasileira falou sobre possível combate em live no Instagram

Vindo da maior derrota de sua carreira, a ex-campeão Jessica ‘Bate-Estaca’ falou abertamente sobre o possível próximo passo de sua carreira: a mudança de categoria. Em live no Instagram do MMA Premium, a atleta afirmou que Valentina Shevchenko é o nome que mais chama a sua atenção no Ultimate, além da “pedra no sapato” Weili Zhang.

Durante a entrevista, a atleta da equipe PRVT ressaltou que sua relação com Valentina é, sobretudo, mais de admiração do que raiva, e ainda falou que confronto entre as duas acabou caindo no passado.

“Eu venho há alguns anos “batendo nessa tecla”. Quando eu lutava no Brasil, eu lutaria com a Valentina, no Peru, mas o UFC me contratou e não tive a oportunidade de lutar contra ela. Mas, quem sabe agora no UFC acontece de eu disputar um cinturão com ela? Vamos ver!

Pra mim, bater 57 kg é de boa, creio que para ela também. Não a vejo baixando para os 52 kg para tentar o cinturão da categoria. Tanto que ela já disse, em algumas entrevistas, que se sente bem no peso dela. Eu tenho um respeito muito grande pela Valentina.

Todas as vezes em que nos encontramos a gente conversa. Ela é uma pessoa muito gente boa, e eu queria enfrenta-la justamente por ser, inegavelmente, a melhor. Portanto, eu quero me testar. Mesmo que eu não vença, para mim, certamente, seria uma grande conquista lutar com ela”. – completou.

Confira a live completa

Bem-humorada, Jéssica ainda falou de sua última luta no UFC, onde perdeu o título para a chinesa Weili Zhang, e disse que apenas “emprestou o cinturão” para a rival, mas em breve o tomará de volta.

Sobre onde errou, a lutadora de 28 anos diz que “queria muito voltar para o Brasil”, pois estava há muito tempo na China, e o medo de perder acabou afetando o seu psicológico.

“Eu não entrei da forma que eu sempre entro na luta, que é com vontade de ganhar e sem medo. Naquele momento eu fiquei com medo de decepcionar todos que me apoiavam e de dar voz aos que falavam que eu havia ganho da Rose por sorte.” – confessou.

Ainda sem luta marcada, ‘Bate-Estaca’, que tinha compromisso marcado para o dia 29 de abril, ainda aguarda o posicionamento do Ultimate para retornar ao octógono mais famoso do planeta.

Share.

About Author

Avatar

Estudante de jornalismo, apaixonado por futebol e MMA.