Exclusivo: Confiante, Michelle Nicolini fala sobre próxima luta no ONE Championship

0

Um dos maiores nomes do Jiu-Jitsu mundial lutará novamente no ONE FC

Por: Bill Santos

A brasileira Michelle Nicolini tem um histórico incrível na arte suave, são diversos títulos no tatame e uma carreira sem erros impondo um jogo sempre agressivo e estratégico nos tatames pelo mundo, sua chegada ao One FC, maior evento de MMA da Ásia agitou o cenário mundial, os fãs do esporte já esperavam por uma nova dona de cinturão.

Michelle Nicolini

Michelle Nicolini (créditos @miznicolini)

Nicolini está desde 2016 na organização e ainda não sabe o que é perder, são três lutas, três finalizações e uma grande expectativa para a próxima luta que vai rolar  em novembro, Michelle enfrentará Tiffany Teo no One FC Heart of the Lion no dia 9, o evento ainda contará com Bibiano Fernandes realizando o co-main event da noite, falamos com exclusividade com a brasileira que se mostrou pronta para qualquer adversidade nesta nova luta, confiram:

O que sabe da Tiffany Teo, sua próxima rival no ONE?
– Sobre a Tiffany, sei que ela eh lá de Cingapura. Já a vi lutar antes, ela é uma adversária que luta MMA, não é exímia em nada específico mas é uma adversária forte. 
Acredita que seja o último passo que precisa para disputar o cinturão da organização?
– Eu acreditava que lutaria com ela pela disputa do cinturão mas ela acabou perdendo essa disputa recentemente. Acho que estou subindo degraus no evento, esta luta com Tiffany é importante para isso. 
Como tem analisado sua evolução no MMA? Se sente uma lutadora completa?
– Eu me esforço muito para melhorar todos os dias.  O MMA é um novo esporte. Hoje após 19 anos de treinos d kimono eu me sinto preparada em todas as situações. Então não é de um dia para outro que vou dizer que domino o mix das artes. 
São 3 lutas, e menos de 7 minutos disputados no ONE, essa pressão inicial fará parte da estratégia para o próximo confronto?
– Eu quero lutar e sem firulas ganhar. Não sou paga para mostrar que sei dar socos por exemplo, sou paga para ganhar. E o caminho mais “fácil “ até então tem sido com o jiu jitsu. Não pretendo mudar isso! 
Aos 36 anos, Nicolini não sabe o que é perder nos cages desde 2014 quando enfrentou quando enfrentou Norma Rueda no Legacy, seu estilo no solo tem sido uma arma poderosa nos palcos do MMA e a sequência da lutadora privilegia muito o seu jogo frente a sua oponente que não possui a mesma experiência na arte suave, natural de Singapura, Teo alterna vitórias entre nocaute, finalização e decisão, uma mescla interessante porém não muito consistente para quem irá enfrentar uma especialista no solo.
Quem será que vencerá o duelo? Michelle ou Tiffany? Deixe sua aposta nos comentários.
Share.

About Author

Bill Santos

Abílio Santos, CEO do MMA Premium, sócio da Try mídia e atendimento na Seri.e Design. Todo sucesso vem do esforço e para isso não meço limites, um eterno fanático por inovação pela evolução.

Comentários no Facebook