Fãs casam lutas e Future MMA define card da 7ª edição

0

Evento vai rolar no dia 26 de julho em São Paulo

Com a colaboração do público, que votou através do aplicativo, o Future MMA definiu o card da sua 7ª edição, marcada para o dia 26 de julho, em São Paulo. Além da disputa do cinturão peso-galo, entre Herberth Índio e Taigro Costa, e do retorno de Anderson Buzika, escalado para enfrentar Jackson Tortora, outros oito combates foram confirmados.

Future-FC
Future-FC

Um deles é entre Bruno Korea e Bruno Menezes, pela divisão dos moscas. Aos 28 anos e com passagem pelo UFC, Korea retorna ao decágono do Future MMA depois da atuação segura diante de Leandro Foguinho na 4ª edição, em abril. Mais experiente, Menezes, 33, volta a lutar em solo brasileiro após passagem vitoriosa pela China. Eles superaram Antônio Piauí e João Alicate, respectivamente, na preferência do público.

Também pelos pesos-moscas, o ex-Rizin e Contender Series Allan Puro Osso fará, enfim, a sua tão aguardada estreia no Future. O representante da Chute Boxe Diego Lima já esteve para lutar o evento duas vezes, mas em ambas acabou saindo do card. Desta vez ele venceu Gilberto Cangaceiro na votação popular. Seu adversário dentro do decágono será Marcelo Hulk, que por sua vez despachou Lucas Oliveira na disputa da vaga.

Também garantiram um lugar na edição os pesos leves Brendo Bispo e Marcos Forever, que se enfrentam em momentos distintos dentro do Future. Invicto desde 2016, Bispo venceu Magnus Kelly por decisão unânime na 3ª edição do evento, em março deste ano. Do outro lado, Forever entra no cage em busca da recuperação, já que foi nocauteado por Ednilson Cai-Cai em sua última luta, em abril.

Evento comemora visibilidade dada aos lutadores

Com menos de seis meses de existência, o Future MMA já exportou lutadores para LFA, Invicta, Cage Fury, One Championship e, mais recentemente, para o UFC, casos de Wellington Turman, Karol Rosa, John Allan e Ariane Sorriso, respectivamente. Fundador do evento, Jorge Oliveira destacou o papel da companhia como vitrine para grandes shows internacionais.

“O dever está sendo cumprido. Desde o início, quando surgiu a ideia do Future, um dos principais objetivos era dar visibilidade aos lutadores brasileiros no mercado internacional. Nosso cenário estava carente de uma plataforma direta para o UFC, como é o LFA nos EUA, então chegamos para ocupar esse vazio. Prova disso foi a contratação do John Allan menos de 24 horas depois de ele nocautear no Future 6”, vibra o dono do evento.

Confira abaixo o card do evento:

Future MMA 7

26 de julho de 2019

São Paulo, SP

61kg – Herbeth Índio x Taigro Costa

70kg – Anderson Buzika x Jackson Tortora

74kg – Diego Braga x Jamil Silveira

57kg – Bruno Korea x Bruno Menezes

57kg – Allan Puro Osso x Marcelo Hulk

70kg – Brendo Bispo x Marcos Forever

61kg – Carlin Soares x Augusto Sparta

70kg – Elder Allan x João Paulo Roy

52kg – Viúva Negra x Jainne Aguiar

93kg – Marcos Conrado Jr x Marcos Detona Ralph

66kg – Gabriel Braga x Jean Soares

66kg – Luã Franco x Pedro Lima

61kg – Euclides Viana x A definir

Share.

About Author

Bill Santos

Abílio Santos, CEO do MMA Premium, sócio da Try mídia e gerente comercial da CRP MANGO. Todo sucesso vem do esforço e para isso não meço limites, um eterno fanático por inovação pela evolução.

Leave A Reply