Isabela de Pádua é afastada do UFC após exame antidoping

0

A lutadora paulista recebeu uma punição de dois anos longe do esporte

Isabela de Pádua lutou apenas uma vez pela organização, mas agora vai ter que esperar um bom tempo para retornar. A medida foi tomada porque em dois exames realizados em 2019, a paulista testou positivo para substâncias proibidas, então Isabela foi afastada por dois anos. Um exame foi feito após a luta contra Ariane Lipski no dia 16 de novembro, no UFC São Paulo e o outro em 19 de dezembro.

O anúncio foi feito pela Agência Antidoping dos EUA (USADA), que é responsável pelo controle das substâncias no UFC. A entidade afirmou que foram encontradas substâncias que auxiliam no crescimento muscular e aumento da produção dos glóbulos vermelhos.

Ainda segundo a USADA, Isabela não comunicou quando foi admitida pela organização que havia usado substâncias proibidas anteriormente. Caso tivesse comunicado, a punição poderia ser mais leve, como cumprir seis meses de exames antidoping regulares antes da liberação.

Isabela de Pádua , que possui cinco vitórias e duas derrotas em lutas profissionais, foi contratada de última hora pelo UFC. Dois dias antes do evento, aceitou lutar com Ariane Lipski, em São Paulo, mas acabou sendo derrotada.

“Belinha” só poderá retornar ao octógono após o dia 16 de novembro de 2021, já que a punição é baseada na data do primeiro exame da lutadora.

Assista ao vídeo que conta um pouco da trajetória da atleta antes do contrato com o UFC:
Share.

About Author

Avatar