Julia Polastri fala sobre os efeitos do COVID-19 em sua carreira

0

Detentora do cinturão peso-palha do Shooto Brasil, Julia Polastri é a terceira melhor lutadora do MMA brasileiro peso por peso, segundo o Ranking Nacional de MMA. Além do mais, acumula um cartel de 7 vitórias e apenas duas derrotas.

Julia Polastri conversou com o MMA Premium sobre sua rotina de treinos durante a pandemia do COVID-19:

A rotina ficou um pouco menos intensa, por conta de volume de treinos, mas ainda estamos mantendo a musculação e 2/3 sessões de técnica.

O que mais afeta na carreira do atleta, o corpo ou a mente quando não se pode lutar?

Acho que a mente, porque pelo menos eu, gosto de fechar o camp e sair na mão, só que com essa situação, eu não tenho nem noção de quando vou poder lutar de novo, e isso é bem chato. Acho que o corpo é mais fácil de manter, mas a mente é tenso.

Assim, como tem passado seu tempo?

Estou tendo mais tempo livre durante a semana, então to conseguindo ler bastante (eu gosto muito de ler), tocar meu violão, assistir umas series, pelo menos isso de bom nesse período COVID-19.

Qual o melhor modo de manter a mente no lugar em períodos de crise?

Então, eu trabalho com uma psicóloga maravilhosa, Luana Bastos, e ela me ajuda muito a manter a ansiedade controlada e entender que esse período vai passar. E a única coisa que posso fazer, é esperar e manter minhas qualidades físicas, para quando tudo voltar ao normal, eu estar 100%.

Ademais, veja parte dos treinos de Julia Polastri durante a pandemia:

Share.

About Author

Claiton Freitas

Um jovem gaúcho apaixonado pelo mundo das artes marciais mistas.