Invicto no MMA, o atleta da Team Crezio retorna ao octógono no próximo dia 15 de fevereiro

Vindo de mais uma vitória por finalização, no Jungle Fight 95, onde finalizou André Tomini, com um triangulo no primeiro round, Neuaque “Neu” Barbosa chega para mais um compromisso no evento presidido por Wallid Ismail, no próximo dia 15 de fevereiro, em confronto contra Anderson Conceição, pela categoria dos penas (até 66 kg), em Jacarepaguá – RJ.

Sem nunca ter passado do primeiro round, em um confronto profissional, o faixa-roxa do lendário Crézio de Souza chega para o seu novo desafio com a estratégia de trabalhar mais o seu domínio dentro do cage.

Confira as últimas notícias do MMA Premium

Dessa vez, no camp feito na Skull House / Team Crezio, Neuaque teve um treinamento diferente do que o feito nas últimas lutas.

A gente trabalhou de um jeito muito diferente. Dessa vez, vou tentar trabalhar mais a parte de trocação. As lutas têm sido muito rápidas, até por consequência da empolgação dos outros atletas.

Mas, dessa vez, pretendo ampliar o meu trabalho dentro do octógono.

Sem conhecer o jogo do seu adversário, Barbosa confessa que o estilo de luta de Anderson Conceição ainda é desconhecido.

Por incrível que pareça eu não achei nada dele, apenas da equipe (Eduardo Team) que tem um foco no Muay Thai e Jiu-Jítsu. Mas, temos que estar preparados para tudo e seja o que for que ele estiver planejando, com certeza, enfrentará dificuldades.

EM BUSCA DO PRIMEIRO NOCAUTE

Tendo seu último triunfo no ‘Top 3 de finalizações’, do Jungle Fight, o petropolitano afirma que tem “afiado” as mãos e planeja conseguir o primeiro nocaute na carreira.

Da minha última para cá, o meu boxe melhorou. Tenho cadenciado mais com o momento certo, para entrar e sair, e, assim, não fazer uma trocação maluca.

Podem esperar que no dia 15 eu vou estar bem calculista e vou trazer o nocaute para casa. Estarei de pé e meu adversário comendo terra!

Aos 22 anos, o lutador já tem um 2020 planejado em sua mente: crescer o cartel e vencer o cinturão do Jungle!

A meta para 2020 é lutar o máximo que eu puder. Quero engordar o meu cartel com lutas bem duras e com atletas renomados no cenário nacional. E, com isso, chegar ao cinturão do Jungle Fight!

Neuaque Barbosa Frase

Até então, “Neu” segue imbatível na categoria até 66 kg e com uma taxa de 100% de aproveitamento no quesito finalização. Dessa vez, a promessa é de uma versão melhorada de um dos prospectos mais empolgantes do cenário nacional no MMA.

A pesagem oficial acontece nesta sexta-feira (14) no mesmo local onde será realizado o evento e, mais uma vez, contará com a transmissão ao vivo do Canal Woohoo. Além do Woohoo, os fãs poderão acompanhar a pesagem e a encarada no Facebook oficial do Jungle Fight.

Os ingressos para assistir o evento in loco também já estão disponíveis e sendo distribuídos no local.

JUNGLE FIGHT NO DAZN 102

Confira abaixo o card completo do evento:

20h, Vila Olímpica de Mato Alto, Jacarepaguá – Rio de Janeiro
Sábado, 15 de fevereiro de 2020

Cinturão até 84kg:

– Marcelo “Animal” Barbosa (BH Rhinos) x Cláudio “Dennys a Máquina” (Cezario);

Outras lutas:
66kg – Antônio Roberto da Costa  (Team Nogueira) x Rodrigo dos Santos Magalhães (Caçadores);
61kg – Tayron Pedro (Team Nogueira-RSF) x Jandickson Pereira (Titãs);
57kg – Lucas Rodrigues Melo (RD Champions) x Erisson Silva (Eduardo Team);
70kg – Alan Pitbull (Alpha) x Leandro “Mun Ha” Santos da Silva (Tropa Thai);
77kg – Anderson “Astro da Maldade”  (DFC/ Alpha) x Paulo Henrique Laia (RD Champions);

57kg – Rafael Montouro Ribeiro (RSF/ Team Nogueira) x Mario da Costa “Orelha” (Relma Combat);
66kg – Elvis Carlos (RD Champions) x Italo Gomes (TFT);
66kg – Anderson Conceição  (Eduardo Team) x Neuaque Rodrigues Miniamin (Team Crezio);
Peso-pesado – Eduardo Neves (Eduardo Team) x João Victor dos Santos (ATS Tubarões);
57kg – Givanildo Guedes (Eduardo Team) x Lucas Floriano Ferreira (Mamute Team);
61kg – Luan Danger (BPT Beto Padilha Team) x Gabriel Otávio Ramos Costa (Gordin Fight Team);
77kg – Jefferson Costa (Fight Combat) x Renato da Silva Ferreira (QG Centro de Lutas/ ATS Tubarões);
61kg – Tiago Pereira de Souza (Team Nogueira) x Weverton Ribeiro (Alagoas Top Team/ Thamir Pereira Muaythai).

Share.

About Author

Avatar

Estudante de jornalismo, apaixonado por futebol e MMA.