Malfacine e mais cinco brasileiros são destaques em premiação do Brave

0

Bruno Malfacine e mais cinco brasileiros são destaques em premiação do Brave 

Por: Assessoria de Imprensa
Assim como 2017, o ano passado contou com a presença maciça de brasileiros nos principais eventos do Brave Combat Federation, maior organização de MMA do Oriente Médio. E os atletas tupiniquins estão em peso nas premiações de 2018 da companhia. Bruno Malfacine, Rodrigo Cavalheiro, Cleiton “Predador”, Ricardo Tirloni, Bruno Assis, Maria Ribeiro, além da equipe CM System são os representantes brazucas nas categorias do prêmio.
Entre as melhores finalizações de 2018 do Brave, dois brasileiros estão na briga. O decacampeão mundial de jiu-jitsu Bruno Malfacine é um deles, pela sua chave de braço diante de Rafael “Mini Man” no Brave 11, disputado em Belo Horizonte. O outro brazuca na disputa é o veterano Ricardo Tirloni, que encaixou um belo triângulo de mão em Ramon Cardozo, no Brave 15. Eles estão na briga com finalizações de Nawras Abzakh, Najam Khan e Jarrah Al-Selawe.  
Com duas vitórias no Brave, por nocaute e finalização, o mineiro Cleiton “Predador” está concorrendo ao prêmio de Revelação do Ano. O brasileiro venceu o egípcio Ahmed Amir no Brave 11 e depois finalizou o argentino Marcelo Bustos no Brave 15, sediado na Colômbia. Ele disputa a honraria com Aidan James, Khamzat Chimaev, John Brewin e Akhmed Magomedov.
Na lista de nocautes do ano, o Brasil também está bem representado. O KO brutal de Rodrigo Cavalheiro sobre o francês Karl Amoussou, no Brave 13, está em disputa com as vitórias sangrentas de Jeremy Kennedy, Rami Hamed, Djamil Chan e Yibugele.
Entre as zebras, mais dois brasileiros em disputa. A peso palha Maria Ribeiro, que surpreendeu a italiana Micol di Segni com um brutal nocaute no primeiro assalto, e o peso médio Bruno Assis, que finalizou Rustam Chsiev no último evento do ano, o Brave 21. Eles disputam o prêmio com Pawel Kielek, Gadzhimusa Gaziev e Abdul-Kareem Al-Selwady, que surpreendeu o ex-campeão Lucas “Mineiro” no Brave 18.
Finalmente, a CM System, que conta com Luan “Miau” Santiago, Maria Ribeiro, Geraldo “Luan Santana” e Gabriel “Fly”, além do próprio líder da equipe Cristiano Marcello, está na briga pelo prêmio de Melhor Equipe. Os curitibanos disputam com a Team Lakay, a Fight Fortress, a KHK MMA e a Team Nogueira Dubai.
A votação é aberta ao público, através das principais redes sociais do Brave Combat Federation, listadas abaixo.
Veja a lista de candidatos:
Lutador do Ano
– Abdul-Kareem Al-Selwady (Jordânia)
– Jarrah Al-Selawe (Jordânia) 
– Stephen Loman (Filipinas) 
Jeremy Kennedy (Canadá)
– Ikram Aliskerov (Rússia)
Nocaute do Ano
– Jeremy Kennedy (Canadá) – contra Marat Magomedov (Brave 21)
– Rodrigo Cavalheiro (Brasil) – contra Karl Amoussou (Brave 13)
– Rami Hamed (Líbano) – contra Gadzhimusa Gaziev (Brave 21)
– Djamil Chan (Holanda) – contra Alejandro Martínez (Brave 14)
– Yibugele (China) – contra Zia Mashwani (Brave 17)
Finalização do Ano
– Nawras Abazkh (Jordânia) – guilhotina contra Abdul Hussein (Brave 10)
– Najam Khan (Paquistão) –  triângulo de mão invertido contra Mohammad Wasin (Brave 17)
– Bruno Malfacine (Brasil) – chave de braço contra Rafael “Mini Man” (Brave 11)
– Ricardo Tirloni (Brasil) – triângulo de mão contra Ramon Cardozo (Brave 15)
– Jarrah Al-Selawe (Jordânia) – triângulo contra David Bear (Brave 10)
Zebra do Ano
– Maria Ribeiro (Brasil) contra Micol di Segni (Brave 20)
– Bruno Assis (Brasil) contra Rustam Chsiev (Brave 21)
– Pawel Kielek (Polônia) contra Mehdi Baghdad (Brave 12)
– Gadzhimusa Gaziev (Rússia) contra Mohammad Fakhreddine (Brave 16)
– Abdul-Kareem Al-Selwady (Jordânia) contra Lucas “Mineiro” (Brave 18)
Lutador Revelação
– Aidan James (País de Gales)
– Khamzat Chimaev (Suécia)
– Cleiton “Predador” Silva (Brasil)
– Akhmed Magomedov (Rússia)
– John Brewin (Nova Zelândia)
Equipe do Ano
– Team Lakay (Filipinas)
– KHK MMA (Bahrein)
– CM System (Brasil)
– Team Nogueira Dubai (Emirados Árabes Unidos)
– Fight Fortress (Paquistão)
Share.

About Author

Claiton Freitas

Um jovem gaúcho apaixonado pelo mundo das artes marciais mistas.

Leave A Reply