Marcos Babuíno vence Sérgio Soares e conquista cinturão dos penas do SFT

0

Evento contou com grandes combates no último fim de semana

Por: MMA Premium

Em mais uma noite espetacular, a quarta edição do Standout Fighting Tournament (SFT) presenteou o público, que lotou o ginásio do Hebraica, em São Paulo (SP), neste sábado (25), com duelos emocionantes e inesquecíveis. Destaques para as vitórias de Marcos Babuíno – novo campeão dos penas (até 66kg) da organização  –, Acácio Pequeno, Felipe Buakaw e Junior Maranhão. Ao todo, foram 10 lutas profissionais e quatro amadoras de MMA.
No embate mais esperado do SFT 4, Marcos Babuíno e Sérgio Soares protagonizaram um combate incrivelmente técnico e equilibrado. Cercada por muita rivalidade e história, a revanche não decepcionou os fãs das artes marciais mistas. Repetindo o mesmo resultado do primeiro confronto entre os lutadores, Babuíno venceu Sérgio por decisão unânime dos árbitros laterais, consequentemente garantindo o título dos pesos-penas do Standout Fighting Tournament.
“Gostaria muito de agradecer a toda a torcida que compareceu e aos meus treinadores: Diego Lima e Jorge Patino Macaco. O Sérgio é um cara muito duro, foi uma luta muito difícil. Tenho muito respeito por ele. Esse lance de rivalidade fica só dentro do cage. Quero agradecer muito ao SFT e ao Caetano Abbruzzini pela oportunidade. O trabalho da organização é sensacional”, declarou Babuíno.
Em luta bastante parelha, Acácio Pequeno derrota o ex-UFC Wagnão Gomes
Após quase dois anos de inatividade, Acácio Pequeno retornou ao MMA com o pé direito e conquistou uma das vitórias mais importantes de sua trajetória. Em uma luta muito apertada, o lutador derrotou o ex-UFC Wagnão Gomes por decisão unânime dos árbitros. Ao final do embate, Pequeno foi desafiado por Quemuel Ottoni para uma revanche.
“Treinei muito as defesas de queda e graças a Deus deu tudo certo. Consegui manter a luta em pé e controlei a distância. Foi uma vitória muito importante para minha carreira. Estou muito feliz e quero estar de volta ao evento o mais rápido possível”, afirmou Acácio.
Felipe Buakaw domina Clécio Brutus e desafia Jorge Patino Macaco
Pouco mais de um mês após vencer José Besouro no SFT 3, Felipe Buakaw conquistou mais um triunfo de forma bastante dominante. Sem dar chances para Clécio Brutus, Buakaw derrubou seu adversário em todos os rounds e aplicou poderosos ground and pounds, sendo declarado, ao final do duelo, vencedor por decisão unânime dos árbitros laterais.
“Sempre quis lutar com o Clécio, sou fã dele. Gostaria muito de enfrentar o Jorge Patino Macaco na minha próxima luta. E ai Macaco, aceita meu desafio?”, indagou Felipe.
Junior Maranhão aplica nocaute fulminante em Leandro Compri
A luta de abertura do card principal do STF levantou o público presente no ginásio. Com apena 31 segundos, Junior Maranhão aplicou um nocaute espetacular em Leandro Compri. Ao tentar entrar nas pernas, compri foi surpreendido por um uppercut de encontro, caindo apagado no solo do cage. 
“Estudei muito o meu adversário e estava esperando apenas o momento certo para encaixar esse golpe de encontro. Estou muito feliz e dedico essa vitória a minha vó, que faleceu há dois meses”, disse Junior, que conquistou a 20ª vitória de sua carreira.
RESULTADOS OFICIAIS
CARD PROFISSIONAL
Marcos Babuíno venceu Sérgio Soares por decisão unânime
Acácio Pequeno venceu Wagnão Gomes por decisão unânime
Felipe Buakaw venceu Clécio Brutus por decisão unânime
Junior Maranhão venceu Leandro Compri por nocaute aos 00m31s do primeiro round
Fábio Gasolina venceu Paulo Patetinha por nocaute aos 00m45s do primeiro round
João “Sorriso” venceu Roberto Leal por finalização aos 03m32s do primeiro round
Alireza Noei venceu Murillo Trindade por finalização aos 01m54s do primeiro round
Marcus “Jon Jones” venceu Nathan Oliveira por nocaute aos 01m15s do primeiro round
Luan Oliveira venceu Rafael “Sonic” por nocaute técnico aos 03m41s do primeiro round
Mohamed Nazih venceu Marcelo “Alagoas” por finalização aos 03m27s do primeiro round
CARD AMADOR
Hugo paiva venceu Genilson “Nenê” por interrupção médica ao fim do primeiro round
Gustavo Américo venceu Guilherme Salgado por nocaute técnico aos 01m09s do segundo round
João Mesquita venceu Fagner “Mineiro” por nocaute aos 00m47s do primeiro round
Natan Rossi venceu Vinícius “Latinha” por finalização aos 01m16s do terceiro round
Share.

About Author

Victor Nunes

Comentários no Facebook