fbpx

“O esporte salva e eu sou uma prova viva”, destaca Ricardo “”

0

Peso-leve que teve sua vida transformada pelo esporte também falou sobre qual arte acredita ser essencial no MMA atual

Atleta do interior paulista, o peso-leve Ricardo Rocha é uma prova viva do quanto o esporte pode ser importante na vida de uma pessoa. Para quem vê um atleta de 70kg no cage enfrentando pedreiras no cenário nacional não acredita que Ricardo já pesou nada menos do que 120kg, e que o esporte o ajudou, não só na parte física, como lhe rendeu uma profissão para viver. 

– Independente da modalidade, o importante é sempre procurar fazer uma prática de esporte, costumo sempre dizer que o esporte salva e eu sou uma prova viva! Além de todos benefícios que esporte tem para saúde tem também o lado educacional, você se torna uma pessoa mais disciplinada e respeitosa. Vale pena conhecer alguma arte marcial – destacou Ricardo, atualmente sócio da Arena Fit, academia situada em Mogi Mirim.

Natural do interior de São Paulo, Ricardo Rocha está invicto no Brasil, já que sua única derrota no MMA foi justamente fora do país, quando lutou na Costa do Marfim. Faixa-azul de Jiu-Jitsu, mas que já finalizou faixas-pretas no MMA, o lutador provou mais uma vez sua evolução na arte suave é nítida ao conquistar o Pan No Gi no último mês. Questionado sobre qual arte prefere lutar já que é oriundo da trocação, Ricardo admitiu onde se sente mais confortável:

– Eu sou da trocação e gosto de trocar porrada! Se fosse para escolher entre Muay Thai ou Jiu-Jitsu eu iria de Thai. No MMA eu me adapto conforme o jogo do meu adversário.

Curiosamente Ricardo Rocha ainda nocauteou nenhum rival no cage, porém já finalizou dois oponentes utilizando de um dos seus golpes favoritos, a guilhotina. Em plena evolução em todas as artes marciais para se tornar atleta cada vez mais completo, o lutador surpreendeu na resposta sobre qual arte acredita ser essencial para um lutador de artes marciais mistas atualmente:

– Essa é uma pergunta sempre polêmica, pois cada um tenta defender sua arte. Na minha opinião a modalidade que está se sobressaindo é o Wrestling pois quem é da trocação tem que se manter em pé e quem é do Jiu-Jitsu tem que derrubar. Meu jogo melhorou muito depois que comecei treinar com o Alemão do Wrestling – finalizou Ricardo.

Share.

About Author

Redação MMA Premium

Com uma equipe de redatores formada por estudantes e graduados na área de comunicação, buscamos trazer o que há de mais recente e curioso no mundo das artes marciais mistas.

Leave A Reply