Future MMA 10: Pesagem

0

Devido a problemas na balança teremos apenas uma disputa de cinturão

Atletas não batem peso e apenas Jack Godzilla pode ser campeão no Future MMA 10 

Antes programada para contar com três disputas de cinturão, a 10ª edição do Future MMA agora poderá consagrar apenas um lutador como campeão do evento. Isso porque, na pesagem realizada nesta quinta-feira (5), no shopping paulista Taboão Plaza, três dos seis atletas escalados nos duelos principais não bateram o peso, o que resultou na queda de duas das disputas.

Future MMA 10
Future MMA 10 Crédito – Tiago Pamplona

Na única disputa de cinturão que se manteve no evento programado para esta sexta-feira, em São Paulo, apenas Jack Godzilla permaneceu elegível ao título, já que seu rival Toninho Fúria não obteve sucesso na luta contra a balança. Além de Fúria, Bruce Souto, que desafiaria o campeão meio-médio (77 kg), Luiz Cado, também falhou na pesagem e a luta foi cancelada.

Outro que não alcançou o limite de peso da sua categoria foi Dennis Alagoas. Assim, a disputa pelo título dos penas (66 kg) contra Elismar Carrasco também ficou de fora do card. Incomodado com a ausência de 2 das principais lutas do show por conta de falhas na balança, o CEO do evento, Jorge Oliveira, não poupou críticas aos atletas.

“Estou muito decepcionado com o amadorismo de alguns atletas e também com as equipes que não deram suporte aos seus próprios representantes. Faço um evento alinhado, padrão internacional, e a galera tenta dar jeitinho. Aqui não tem jeitinho. Se chegar no UFC vai dar jeitinho? Não! Então por que aqui querem tratar como brincadeira? O Future MMA não admite amadorismo, nem de lutador e nem de equipe”, desabafou.

Apesar dos imprevistos, o Future 10 tem tudo para ser um dos maiores shows de MMA do ano. Além da disputa entre Godzilla e Fúria, o evento também contará com grandes embates, como o entre Caio Borralho e Ykaro Leão, ou Marcos Detona Ralph e Rodolfo Trator.

  • Felipe Froes fala sobre a carreira vitoriosa no MMA nacional e na Rússia

    Com uma sólida carreira no MMA nacional e na Rússia, Felipe Froes é um dos melhores penas do Brasil

    Aos 28 anos e natural do Pará, Felipe Froes é detentor do cinturão peso-pena do ACA MMA e destruiu com o mito de que brasileiro não vence por decisão na Rússia, ao realizar o ato por 3 oportunidades. Além do mais, o atleta da Nova União é o segundo melhor peso-pena no Ranking Brasileiros pelo Mundo.

    Confira a entrevista com Felipe Froes:

    Felipe, você vem de uma ótima temporada no ACA, como é lutar na Russia?

    Lutar na Rússia é algo que me fortalece muito como lutador, é preciso ter um mental muito bem preparado pra encarar os russos e sua torcida enlouquecida, um verdadeiro caldeirão que hoje em dia, eu acho até divertido tudo isso.

    Treinar na Nova União ao lado de grandes estrelas no esporte ajuda na hora de se preparar para um combate?

    Com certeza, na Nova União tenho inúmeras sparring excelentes pra minha categoria e costumo dizer que na NU consigo me preparar pra ganhar de qualquer peso pena do Mundo

    Você fez uma carreira incrível no Shooto, como analisa o cenário do MMA Nacional hoje em dia, evoluímos ao longo do tempo?

    O MMA Nacional sempre foi uma grande escola pra todos nós, e acredito que hoje ainda está mais disputado, é muita gente boa lutando entre si aqui no Brasil, lutas essas que poderiam fazer main event em qualquer grande organização

    Qual o atleta mais duro que você já enfrentou?

    Acredito que meu último adversário(Salman Zhamaldaev) foi o mais duro. O cara estava invicto a 7 anos com 17 vitórias seguidas, foi foda vencer ele no auge da carreira;

    Acredita que o esporte voltará 100% ainda esse ano? O que tem feito durante a quarentena?

    Acredito que sim e estou me preparando pra isso. Treinando e assistindo coisas que agregaram pros meus conhecimentos e minha carreira

    Qual o maior medo de um atleta?

    O meu é chegar no final da carreira e não ter conseguido se organizar financeiramente.

    O que te motiva a seguir em frente?

    Ser um bom exemplo para as próximas gerações.

    Deixe um recado para os fãs:

    Um grande abraço a todos que acompanha a minha carreira e prometo que quando passar tudo isso que estamos vivendo, voltarei dando grandes shows de luta pra vocês!

    Assim, com um cartel de 18 vitórias, 4 derrotas e um empata, Felipe Froes está traçando uma grande trajetória no MMA.

  • Conheça Leonardo Black, promessa paraense do MMA nacional

    Leonardo Black Corrêa é mais um nome promissor do MMA do norte do Brasil

    Aos 29 anos, Leonardo Black Corrêa vem de luta no Future MMA, aonde não saiu com a vitória. Mas, vale ressaltar que o adversário era Jailton Malhadinho, líder da categoria meio-pesado do Ranking Nacional de MMA.

    Natural de Belém no Pará, o atleta da Hard Fight possui um cartel de cinco vitórias e três derrotas, sendo que Leonardo Black enfrentou dois ranqueados no top 5 da categoria no Ranking Nacional de MMA, em apenas três anos de carreira.

    Confira a entrevista do MMA Premium com Leonardo Black:

    Leonardo, você começou a sua carreira em 2017, qual foi a maior mudança na sua vida de atleta de lá pra cá?

    Comecei minha carreira em 2008 no Muay thai e kickboxing, e em 2017 fiz a transição para o MMA. Minha vida mudou no quesito mais treinos, pois hoje em dia treino algumas modalidades a mais. E claro que posso dizer que a visibilidade ficou ainda maior, em pouco tempo no MMA quase nem acredito que estou até sendo entrevistado pelo MMA Premium, que honra.

    Como tem sido sua rotina no isolamento, o que tem priorizado?

    Bem, tenho focado muito na dieta é manutenção de treinos básicos, pois tenho fé que logo voltaremos ao trabalho e não tenho tempo a perder, estou muito ansioso para voltar a lutar. Sou um gladiador, atleta a moda antiga(risos).

    É possível treinar e manter o corpo e mente são mesmo na loucura dos tempos atuais?

    Digo que sim, mas precisa ter foco é disciplina, pois as opções de distração são demais casuais.

    O que é ser atleta para você?

    É ser exemplo e inspiração para muitos. Pois mesmo quando não percebemos, tem muitos se espelhando em nós atletas.

    Você lutou no Future MMA, pretende lutar novamente pela organização?

    De imediato, por favor Future MMA, essa adrenalina de lutar. É ótimo o desempenho e a atenção do evento, me faz querer retomar ainda mais ao trabalho.

    Como surgiu a ideia de lutar MMA?

    Diante mão agradeço a meu treinador Thiago Nascimento, pois foi ele que teve todo o manejo de me encaminhar. E ainda tem todo um conhecimento que vem me aprimorando mais no MMA. Pois ainda quando eu lutava somente Muay thai e kickboxing, fui fazer parte do camping na equipe hard (a qual meu treinador é um dos lideres), e logo ele percebeu que eu tenho talento para o MMA. Daí em diante trocamos ideias e começamos a trabalhar, e estamos aqui brigando com os melhores do Brasil.

  • Agora vai! Melissa Gatto fala sobre rotina de treinos e sonhos no UFC

    Melissa teve sua estreia adiada duas vezes no UFC e agora chega para surpreender na categoria

    A jovem e invicta lutadora Melissa Gatto percorreu barreiras quase intransponíveis até chegar ao UFC, duas lutas caíram, uma suspensão médica, entre outros atritos fizeram com a sua luta parecesse longe de acontecer.

    Aos 24 anos com um cartel de 6 vitórias e nenhuma derrota Melissa deve fazer sua estreia com a Mariya Agapova, lutadora da ATT.

    Essa também será a estreia de Mariya no Ultimate, a equipe do MMA Premium bateu um papo com Melissa Gatto para falar sobre sua sua preparação para a luta, confiram:

    Melissa depois deste tempo parada, qual é a sensação de voltar ao UFC? 

    Estou muito feliz de poder voltar ao octógono e voltar a fazer o que eu amo, que é lutar. Essa fase do meu retorno não tem sido como eu planejava, por conta da pandemia, mas são novos tempos e temos que nos adaptar a ele, da forma que pudermos. 

    (function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://embed.ex.co/sdk.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,’script’,’playbuzz-sdk’));

    Como tem sido a sua rotina nesta pandemia? 


    Minha rotina tem sido bem diferente. Estou fazendo sparring apenas com meu namorado e mais dois colegas, para evitar o contato com muitas pessoas. A parte física estou conseguindo fazer na academia, com algumas restrições. Apesar desse período ser muito complicado, estou conseguindo manter os treinos e me preparar bem para essa luta.

    O que sabe sobre a sua adversária? 

    Minha adversária já lutou em bons eventos como o Brave FC e por último, o Invicta FC. Já participou também do DWSC. Ela é uma ótima striker e muito aguerrida. Tenho certeza que faremos uma ótima luta!

    O que esperar da Melissa nessa luta? 

    Acho que podem esperar uma nova versão de mim. Esse tempo, longe do octógono, me proporcionou muitas experiências  e evolução. Mas como sempre, podem esperar que vou deixar tudo de mim dentro do octógono e fazer de tudo para trazer a vitória para casa.

     Melissa Gatto |Crédito: Cassiano Correia/ Photo Fight
    Melissa Gatto |Crédito: Cassiano Correia/ Photo Fight

    Deixe um recado para os fãs

    Só gostaria de agradecer a todos pelo carinho e pelas mensagens. E pedir para que todos, apesar de não ter público, assistam a luta em suas casas e mandem boas energias!

    Será que Melissa Gatto se firmará no UFC e seguirá sua carreira invicta?

  • Karol Rosa da PRVT fala sobre duelo contra Julia Ávila no UFC FN 173

    Integrante do time de feras da Paraná Vale Tudo, Karol Rosa busca sua segunda vitória no UFC

    Vinda de uma das maiores academias do país, Karol Rosa tem a chance de se firmar ainda mais no Ultimate. Depois de sua passagem pelo Future MMA, Karol chegou forte e venceu a lutadora da Nova União, Lara Procópio em sua estreia. Agora chegou a vez de mostrar que o caminho para o sucesso esta bem trilhado.

    O MMA Premium falou com a atleta e seu treinador Gilliard Paraná sobre a luta e o que podemos esperar dela, confira:

    Karol, você vem de vitória no Future MMA e no UFC, como é realizar a segunda luta no UFC?

    O Future é um grande evento e tem muita visibilidade. Ter lutado nele com uma adversária dura, Foi muito bom. Isso abriu portas para eventos grandes. Com isso veio o UFC. Fico muito feliz em fazer minha segunda luta, já estava ansiosa.

    (function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://embed.ex.co/sdk.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,’script’,’playbuzz-sdk’));
    Karol Rosa – MMA PREMIUM

    A PRVT segue crescendo e colocando lutadores nos maiores eventos do mundo, como é treinar em uma academia tão representativa?

    Na nossa equipe PRVT temos os melhores treinos, muitas meninas e graças a nosso Mestre Paraná que além de ser um treinador é um pai para todos.

    Como treinar em meio a pandemia?

    Eu faço alguns treinos em casa e outros na academia mesmo. Moro perto então consigo treinar lá. Mas claro que não é a mesma coisa. A maioria não está treinando. Então treino com meu Mestre, a minha namorada Jessica Delboni, e o sobrinho dele. 

    A última lutadora que ganhou de você estará estreando no UFC, acha válido uma revanche com a Melissa Gatto em breve?

    Pode ser que a gente lute de novo. Tudo pode acontecer.

    Qual o maior desafio de uma lutadora de MMA?

    No início sempre tem aquele preconceito que luta é para os homens. Mas até que mudou bastante agora. Mas o maior desafio sempre é o patrocínio, não só para o MMA mas para todos os esportes.

    Confira a entrevista com Jessica Bate-Estaca:

    O que podemos esperar da Karol Rosa neste combate?

    Agora não tenho mais a pressão da estreia, vou me soltar mais (risos).

    Deixe um recado para a galera que acompanha a sua carreira

    A galera pode esperar uma grande luta. Estou indo pra dar o meu melhor e tenho certeza que quem estiver assistindo não vai se arrepender. Certeza que vai ser uma grande luta!

    Nas palavras do mestre Gilliard Paraná, podemos esperar Karol voando baixo no UFC

    Karol rosa é um grande prospecto de futuro brilhante então esperamos mais uma grande performance de nossa equipe! Encaramos como mais um trabalho e vamos lá pra vencer!

  • Conheça Rita Reis, grande promessa brasileira na WWE

    Muito em breve o Brasil, pode ter uma representante nos maiores shows da WWE

    Aos 24 anos e com uma base sólida no judô, jiu-jítsu e wrestling, Rita Reis é uma das promessas brasileiras na WWE. Ademais, a amazonense está iniciando sua jornada dentro da maior organização de pro-wrestling do mundo após ser selecionada entre vários nomes na seletiva realizada no Chile em 2018.

    Atualmente no NXT, o território de desenvolvimento da WWE para os novos contratados, Rita Reis já participou de alguns shows ao vivo e segue treinando no WWE Performance Center. Contudo exaltando sempre suas raízes e cultura indígena Rita sonha em participar da Wrestlemania, o maior PPV anual da WWE e um dos maiores eventos do mundo.

    Ademais, a WWE teve grandes nomes do MMA em seu plantel nos últimos tempos. Ronda Rousey teve uma passagem de grande destaque, ganhando títulos, mas anunciou sua aposentadoria do pro-wrestling. Inesperadamente, o ex-campeão peso pesado do UFC, Cain Velásquez teve uma curta passagem na WWE e acabou sendo demitido.

    Rita Reis conversou com o MMA Premium sobre sua trajetória na WWE, confira:

    Rita, como você começou no esporte?

    Eu comecei no esporte com 7 anos no jiu-jítsu através da minha mãe que sempre foi uma das pessoas que mais acreditou em mim e me incentivou com 14 anos eu fui pro judô e fiquei muito conhecida em Manaus fiz parte da seleção brasileira e a primeira atleta do Amazonas medalhista de bronze do mundial de judô em Abu Dhabi.

    Como tem se mantido focada e em forma durante a pandemia?


    Eu continuo treinando todos os dias em casa continuou estudando bastante inglês assistindo bastante luta e pra mim treinar é uma terapia, um estilo de vida.

    Você já transitou pelo bjj e pelo judô, então quais os sonhos da Rita Reis hoje?


    Meu sonho é ser uma grande atleta na WWE. Poder representar o Brasil a minha família e a minha cultura indígena pro mundo todo.

    Alguns atletas de MMA estão indo para a WWE, contudo isso ajuda a promover mais as duas modalidades?

    Sim com certeza na WWE tem muita gente do MMA,do jiu-jitsu, karatê e judô. Muitos atletas grandes e cada um representa a sua bandeira e o seu esporte na WWE.

    Quem te inspira a seguir em frente?

    A minha inspiração são os meus pais de todos os dias ser uma guerreira e lutar pelos meus objetivos. Nunca foi fácil e nunca vai ser. Todos os dias eu estou preparada para guerra.

    A WWE tem uma abrangência enorme nos EUA e México, mas ainda não tem um volume muito grande no Brasil, acredita que com mais brasileiros participando, teremos mais visibilidade aqui?

    Eu acredito que se emissoras do Brasil divulgassem mais nosso trabalho, iria ajudar muito o Brasil a ficar mais visível no mundo da WWE.

    Qual foi o maior desafio da sua carreira?

    Eu já tive muitos desafios na minha carreira como atleta de judô como atleta de jiu-jitsu, mas agora o meu maior desafio no pro-wrestling e aprender inglês e a melhorar cada vez mais pra mim está na televisão representando o Brasil.

    Quais os planos pós pandemia?

    Voltar a lutar e treinar mais ainda pra mim está na televisão e focando no próximo Wrestlemania 2021.

    Assim, agradecemos a Rita Reis pela entrevista e torcemos para lhe ver em breve nos grandes PPVs da WWE.

    Ainda vale destacar outro nome que está na construindo sua jornada na WWE e é conhecido da luta olímpica brasileira é Adrian Jaoude, que no NXT utiliza o nome de Arturo Ruas.

Future MMA 10

Clube Atlético Indiano,

6 de dezembro de 2019
Toninho Fúria x Jack Godzilla
Caio Borralho x Ykaro Leão
Detona Ralph x Rodolfo Trator
Fernando Tourinho x Edilceu Para-Raio
Adriano Martins x Kaynan Bahia
Prego Lokdog x Caionã Blade
Mateus Bocão x Paulo Henrique CJ
Anderson Buzika x Renato Amorim
Danilo Adreani x Adriano Florêncio

Share.

About Author

Bill Santos

Abílio Santos, CEO do MMA Premium, sócio da Try mídia e gerente comercial da CRP MANGO. Todo sucesso vem do esforço e para isso não meço limites, um eterno fanático por inovação pela evolução.