Exclusivo: Apostando em Cyborg, Poliana Botelho fala sobre seu 2019 e a motivação para seguir em frente

0

Atleta da Nova União, Poliana Botelho vai mudar de categoria em 2019

Por: Bill Santos

Poliana Botelho (créditos: UFC Argentina - by Jason Silva)

Exclusiva com Poliana Botelho (créditos: UFC Argentina – by Jason Silva)

O 2018 de Poliana Botelho tinha tudo para ser incrível, sem perder desde 2014 a brasileira natural de Muriaé, Minas Gerais ela era o rolo compressor da sua categoria, das sete vitórias, seis vieram por nocaute e ela não dava chance para o azar.

Afinal suas mãos poderosas e chutes contendes faziam suas oponentes buscarem qualquer tipo de artimanha para segurar a fera. A equipe do MMA Premium bateu um papo exclusivo com uma das atletas mais interessantes do Ultimate, confiram:

Avaliação sobre 2018

Tive duas lutas com o resultados totalmente diferentes. Uma foi 100% positiva foi nocaute mais rápido da categoria e a infelizmente veio essa derrota, eu estava dominando a luta mas ai fomos para o chão e infelizmente acabei perdendo.

Eu acho que com a vitória e com a derrota aprendemos muitos, mas a derrota nos faz dar atenção a pequenos detalhes. Cheguei da Argentina treinando forte, foquei muito no bjj. Muita gente deve estar achando que eu não treino jiu jitsu mas eu treino muito! É o esporte que eu mais treino, eu gosto de treinar jiu, as vezes as pessoas que treinam em pé não curtem muito treinar a parte de solo, eu gosto de treinar tudo, sou apaixonada por tudo, revi muitos pontos, estou afiando meu boxe, me dedicando 1000% para voltar e fazer o meu melhor.

Não viu o nocaute mais rápido da categoria peso palha? Confira

 

Mudança de categoria

2019 vai ser o ano da Poliana mostrar a que veio! Eu estou me soltando no cage. Agora com a mudança de categoria vou me preocupar menos com o peso, não preciso cortar os 19kg que já cheguei a cortar!  Meu camp é mais tranquilo vou me focar em fazer algo incrível e me deixar afiada para lutar.

Seguirá treinando no Brasil?

Gosto de treinar no Brasil, aqui é o meu lugar na Nova União, manterei meus treinos aqui mesmo.

Poliana

Poliana Botelho (créditos: @polianabotelho_ufc)

Motivação para seguir lutando

Motivação tem que vir da gente mesmo, se é isso que você quer, você precisa se focar! Agora é o momento de aprender e melhor. No camp a gente estuda muito a adversaria e joga muito na estratégia do que tem que ser feito, podem esperar uma nova Poliana em 2019!!

Aproveitamos o nosso papo para pedir um pitaco da lutadora sobre o duelo entre as duas campeãs do UFC, Cristiane “Cyborg” Justino vs Amanda “Leoa” Nunes. Sem ficar em cima do muro, Poliana já apontou quem vai levar essa luta:

Cyborg e Amanda vai ser um lutaço! Não sei dar pitaco de luta, acho a Cyborg é uma lutadora espetacular. Aposto muito na Cyborg, ela é a mais completa e mais forte da categoria, é luta para comer vendo pipoca (risos), não da pra perder.

Recado para os fãs

Eu quero agradecer a todos os meus fãs que confiam no meu trabalho, sou uma pessoa que faz 1000%, sempre faço tudo o que posso, amo o que faço, podem esperar que voltarei no meu melhor estilo.

Chegando aos 30 anos, sem aparentar sinal de cansaço, Poliana Botelho segue sendo uma das maiores apostas da organização.

A derrota perante Cynthia Calvillo não faz com quem os fãs do esporte duvidem da capacidade de Poliana que segue aprimorando tanto no solo quanto em pé, o futuro dessa guerreira é primoroso, será que a mudança de categoria fará dela uma atleta mais perigosa ainda?

E você leitor, já tem uma favorita para a luta entre as duas brasileiras campeãs do Ultimate? Vote!

[playbuzz-item item=”070e7862-e0ee-435a-b1d6-752c0ffa4f17″ shares=”false” info=”false” wp-pb-id=”612552″]

Share.

About Author

Bill Santos

Abílio Santos, CEO do MMA Premium, sócio da Try mídia e atendimento na Seri.e Design. Todo sucesso vem do esforço e para isso não meço limites, um eterno fanático por inovação pela evolução.

Leave A Reply