Prestes a enfrentar Joe Soto, Rani Yahya almeja melhor posição no ranking do UFC: “Essa vitória pode me levar para o Top 10”

0

No dia 11 de março pelo UFC Fortaleza, brasiliense fará quarta luta no Brasil pelo Ultimate

Por: MMA Premium

Atualmente na décima terceira colocação na categoria peso-galo do ranking do UFC, Rani Yahya acumula a marca de quatro vitórias consecutivas na organização. Reconhecido pela qualidade na luta agarrada, já que é 2º grau da faixa-preta de Jiu-Jitsu, Rani já possuí uma longa carreira nas artes marciais mistas, com 31 lutas disputadas em mais de 14 anos como lutador profissional. Aos 32 anos, o brasiliense que vive uma das melhores fases da carreira, vibra com a oportunidade de lutar no Brasil novamente.

“Sempre bom lutar em casa, já lutei fora tem muito tempo, e acaba sendo muito estressante. Muitas vezes ter que voar, e se adaptar a alimentação, e o fuso horário do lugar, não é tão fácil. Fortaleza é um lugar que já fui e gostei muito, então acho que vai ser muita bacana a experiência de lutar lá”, declarou Rani que fará uma das lutas do UFC Fortaleza, .

Contratado junto ao UFC desde que o WEC foi extinto, Rani Yahya tem no currículo duelos contra Joseph Benavidez, e Chad Mendes, além de já ter finalizado Eddie Wineland. Recentemente Michinori Tanaka foi adversário do brasileiro, que faturou a vitória lutando em “casa” por decisão unânime, pelo UFC Brasília realizado em setembro de 2016. Invicto desde de novembro de 2013, o faixa-preta espera alcançar os tops da categoria com a vitória sobre Joe Soto, que apesar de não figurar no ranking atualmente, possuí grande currículo no MMA.

 “Acho que essa luta pode me colocar no Top 10 porque apesar dele não estar ranqueado ele tem um nome forte. O Joe já foi campeão do Bellator, disputou cinturão do UFC, e vem de duas vitórias. Como estou me mantendo ativo, estou lutando bastante, acredito que essa vitória pode me levar para o Top 10″, finalizou confiante.

Adversário do brasileiro, Joe Soto vem de dois triunfos no UFC, sobre Chris Beal e Marco Beltrán respectivamente. Ex-campeão do TPF e do Bellator, além de já ter disputado o título do Ultimate contra TJ Dillashaw, quando Renan Barão teve que ser substituído de última hora, Soto, assim como Rani, tem como especialidade a luta de solo.

O UFC Fight Night 106, que terá como duelo principal da luta entre Vitor Belfort e Kelvin Gastelum marca o primeiro evento da organização do Brasil em 2017, dia 11 de março, no Centro de Formação Olímpica do Nordeste.

Share.

About Author

Redação MMA Premium

Perfil exclusivo para publicação de releases e matérias relacionadas a MMA e outras artes marciais.

Leave A Reply