Ricardo Rocha cobra maior reconhecimento dos eventos nacionais

0

O lutador também falou sobre o que faria para impressionar Dana caso participasse do Contender

Por: MMA Premium

Atleta profissional de MMA desde, 2015, quando estreou com vitória no Evolution of Fighters, Ricardo Rocha é mais um dos lutadores que buscam por um lugar ao sol no cenário nacional. Invicto em território brasileiro, já que venceu todos os 5 oponentes que enfrentou em território tupiniquim, Ricardo Rocha falou sobre o atual momento que vive o MMA no país.

– Eu acho que nós atletas somos poucos valorizados no cenário nacional, pois os grandes artistas dos eventos são os lutadores. Mas também acho que não dá para cobrar apenas dos promotores de eventos, existem muitos atletas que se desvalorizam e são anti-profissionais. Nos dias de hoje são raros os eventos que realmente valorizam os atletas e dão o suporte que realmente precisamos. Enfim, continuamos batalhando um round por dia, todo dia.

Foi transmitido nas últimas semanas a versão brasileira do Contender Series, reality que tem por objetivo revelar promessas do esporte para o plantel do UFC. Ao todo, 11 brasileiros foram contratados no reality que deve ter a sua segunda edição transmitida no próximo ano. Em busca de uma oportunidade de mostrar seu potencial em um reality desse calibre, Ricardo questionou os critérios de escolha dos lutadores:

– Para ser sincero não acompanhei. Ainda tenho minhas desconfianças sobre as escolhas dos participantes. Não que quem está participando não mereça, mas se você não tiver alguém para te indicar ou equipe que já está no UFC, é raro você ter uma oportunidade! Bom, essa é minha opinião, posso estar até errado, mas até que me provem essa é minha opinião.

Sem lutar desde março desse ano, quando estreou no cenário internacional contra Magomed Aliev, Ricardo Rocha se prepara para retornar ao cage nos próximos meses. Questionado sobre o que faria para impressionar Dana White caso participasse do Contender, o lutador, natural de Mogi Mirim-SP deixou claro que faria de tudo para conquistar uma oportunidade no maior evento de arte marciais mistas do planeta:

– Coração e garra toda vez que eu entro para lutar, não deixo 50% no cage, eu deixo 110%, deixo minha alma. Tempo ruim o tempo todo – finalizou Ricardo.

Share.

About Author

Victor Nunes

Comentários no Facebook