fbpx

Resumo UFC 237: Veja o que rolou nas primeiras lutas da noite

0

A noite carioca ganhou um toque incrível neste sábado!

O Ultimate chegou bonito, com um card sensacional afinal… Anderson Silva, Jessica Andrade, Serginho Moraes e grande elenco são ícones do esporte, card do UFC 237 foi muito bem montado.

Embora a noite seja dos grandes nomes do card principal, o card preliminar teve seus grandes momentos, inegavelmente estar em um card como esse é uma honra para qualquer artista marcial.

O MMA Premium resolveu fazer um apanhado com sobre as lutas preliminares do UFC 237, confira:

Talita Bernardo vs Viviane Araujo

Talita Bernardo não pode ser considerada uma novata na organização, afinal essa foi a quarta luta da brasileira no Ultimate, já Viviane Araujo fazia a sua estreia na organização.

Entretanto, para quem sonhava com uma luta morosa, se surpreendeu, com um inicio bem estudado, a luta contra uma atleta de base de chão, não impediu Viviane de tentar buscar o solo para definir o combate.

A experiência de Talita não afetou o estilo de Viviane que usou bem o primeiro e segundo round da luta.

O nocaute no terceiro round sacramentou o vitória na estreia da brasileira.

Raoni Barcelos vs Carlos Huachin

Invicto desde 2015, Raoni Barcelos vem de ótimas lutas, seja no UFC ou no RFA o brasileiro é uma boa aposta para quem gosta de atletas agressivos.

Enfrentar um peruano pode parecer uma tarefa tranquila, mas quem esta no Ultimate normalmente chega por um bom motivo.

Aceitando e trocando muitos golpes, Huachin se segurou contra as investidas de Barcelos, a trocação franca foi a tônica do primeiro round da luta.

Huachin provou ter muito pulmão para conseguir se segurar e garantir um espetáculo para o publico carioca. A vitória foi inevitável Raoni botou Huachin para fora de jogo com um nocaute técnico no segundo round.

(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src='https://embed.playbuzz.com/sdk.js';fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,'script','playbuzz-sdk'));

Luana Dread vs Priscila Pedrita

Luana Dread
(Crédito foto: Reprodução / Facebook / Luana Dread)

Luana Dread veio do Contender Series para o UFC 237, inicialmente a luta seria contra outra oponente, mas Priscila Pedrita precisou entrar em campo para a luta não cair.

Pedrita é uma atleta forte, determinada e um desafio pesado para uma estreia. Mais experiente, Pedrita buscou encurralar Luana a todo momento, deixando claro que chegar no Ultimate é uma prova de fogo.

Dread soube se impor e não reduziu o ritmo também, um belo chute no segundo round tirou pedrita do chão, quaselevando a carioca a nocaute.

Cavando a vitória round a round, Luana superou a carioca por decisão unânime.

BJ Penn vs Clay Guida

Encontro de lendas, BJ Penn e Clay Guida destoaram de um card feito por brasileiros vs gringos.

A luta da velha guarda do MMA agitou o ginásio, Guida sendo Guida e Penn colocando o treinamento em dia, a idade não interferiu no gás de BJ que teve tudo para cair no primeiro round, mas se manteve firme e forte durante cada round que se passava.

Vitória por decisão unânime para Clay Guida.

Warlley Alves vs Serginho Moraes

Warlley Alves soube como pouco, ouvir seus treinadores, a estratégia traçada e seguida a risca fez dele um oponente duro, quase intransponível para Serginho que não conseguiu levar seu oponente para o chão em nenhum dos dois rounds.

Com a perna extremamente machucada, Serginho sofreu o terceiro round, uma vitória se desenhava para Warlley que estava focado e o nocaute no terceiro round foi justo.

Thiago Moisés vs Kurt Holobaugh

Advindo do Contender, Thiago Moisés teve uma das lutas mais parelhas do card preliminar, Kurt estava muito preparado fisicamente, absorveu bem todos os golpes que sofria.

No solo o combate se manteve igual, a vitória foi sendo cavada pouco a pouco, Moisés não foi brilhante, mas certamente garantiu uma chance de lutar novamente no UFC.

Rogério Minotouro vs Ryan Spann

Ryan Spann
(Crédito foto: Truth Photography)

Luta curta, Minotouro sofreu na mão de Ryan Spann por pouco tempo, nocaute certo, nocaute rápido… Minotouro segue rumo a aposentadoria e essa derrota pode ter sido a pá de cal que faltava…

Resumo do card preliminar

Sorte dos brasileiros, grandes lutas, ótimos nocautes, destaque para Luana Dread que supreendeu, Warlley Alves e Viviane Araujo, três figuras que estão voando baixo!

Share.

About Author

Bill Santos

Abílio Santos, CEO do MMA Premium, sócio da Try mídia e gerente comercial da CRP MANGO. Todo sucesso vem do esforço e para isso não meço limites, um eterno fanático por inovação pela evolução.

Leave A Reply