WGP 56: Leo Corrales e Facu Suarez decidem o primeiro campeão estrangeiro da história do evento

0

Compatriotas se encaram no co-main event da edição desta sexta-feira, dia 2 de agosto, em General Rodríguez, na Argentina, pelo título dos leves; Gazani e Segovia lideram noite

A quarta edição do WGP Kickboxing em 2019 pode marcar uma nova era na organização. Na noite desta sexta-feira, dia 2 agosto, além de unificação dos títulos do WGP e Pan-americano WAKO PRO entre Bruno Gazani e Damian Segovia na luta principal da noite e de um Challenger GP insano das leves feminino, o evento conta com um embate que vai ficar marcado na história da organização. O duelo entre Leo Corrales e Facu Suarez, no co-main event da noite pela divisão dos leves (até 60kg), define o primeiro campeão estrangeiro da história do WGP. O evento tem início às 19h30 e conta com transmissão ao vivo do Canal Combate e Fox Sports a partir das 22h.

Leo Corrales WGP
Creditos  David Leite / Divulgação WGP
Leo Corrales Credito David Leite Divulgaçao WGP.

Aos 23 anos, o argentino de Buenos Aires e radicado em Corrientes, Leo Corrales, chega embalado para sua quarta aparição no WGP. Defendendo uma invencibilidade de 11 lutas na carreira, sendo dez vitórias e um empate, ele estreou no evento com um lindo nocaute sobre Gustavo Piacentini. Depois encarou o compatriota Lucas Arce em casa, na Argentina, e levou a melhor por decisão unânime. Por último, Corrales veio ao Brasil para enfrentar um oponente parecido com ele. Jovem, em ótima fase e muito veloz: Renzo Martinez. E Leo dominou o combate se firmando com um dos grandes nomes da categoria e do evento. 

“É lindo que o WGP seja feito novamente na Argentina e eu não falo só por mim. Mas também porque o kickboxing argentino precisa disso, não apenas atletas, mas torcedores. Vai ser uma linda festa em torno do nosso esporte e espero que todos gostem disso. Lutar no meu país é muito bom, toda as pessoas que sempre assistem e torcer por você na TV agora terão a chance de estar ao vivo me empurrando, isso é fenomenal. E obviamente isso motiva muito”, afirma. 

Natural de Bariloche e radicado em Buenos Aires, o argentino Facundo Suarez é um velho conhecido do WGP. O lutador já pisou sete vez no ringue do evento e tem um bom retrospecto, com título de Challenger GP e uma disputa de cinturão na bagagem. Aos 30 anos ele tem um aproveitamento perto de 60% e já disputou o título da categoria em uma batalha com o então campeão Hector Santiago, justamente após vencer o GP. Agora vem de duas vitórias consecutivas e tem novamente a chance de fazer história, dessa vez diante de um compatriota em ótima fase. 

“Minhas expectativas são muito boas, sou muito positivo e temos trabalhado muito para atingir cada meta. Neste camp fizemos um treinamento muito intenso. Foi uma preparação muito difícil. Trabalhamos todos os dias para atingir o objetivo com a minha equipe coordenada por Nicolas Ryske. Eu realmente queria lutar de novo no meu país e ainda mais uma luta dessa magnitude”, garante Facu.

Facu Suarez - WGP
Creditos  David Leite / Divulgação WGP
Facu Suarez Credito David Leite Divulgaçao WGP

Clássico Brasil vs Argentina no main event tem dois títulos em jogo

O WGP 56 coloca ainda dois títulos em jogo na noite do próximo dia 2 agosto. Na luta principal o brasileiro Bruno Gazani coloca seu cinturão dos meio-médios WGP em jogo diante de Damian Segovia, que também coloca em disputa o título pan-americano WAKO PRO. Já entre os super-leves, o argentino Nikola Vega encara o brasileiro Jordan Kranio em um duelo dos últimos dois desafiantes da categoria. O evento conta ainda com o Challenger GP das leves feminino, que vai estremecer o ginásio em General Rodríguez.

WGP 56: Bruno Gazani vs Damian Segovia

Data: 02/08

Local: Polideportivo Municipal Juan A. Avila – General Rodriguez, Buenos Aires – Argentina

Hora: 19h30 (Undercard) / 22h00 (Super Fights) / 23h30 (Main Card)

Ingressos: www.ticketek.com.ar 

WGP 56 Card

Main Event: WGP Title Bout / Pan-american Title Bout (WAKO PRO)

Peso Meio-Médio (71,8kg)

Bruno Gazani (União ABC – BRA) vs Damian Segovia (Segovia Competición – ARG)

Co-main Event: WGP Title Bout

Peso Leve (60kg)

Leo Corrales (Corrales Kick Center) vs Facu Suarez (Picante Fight Club)

Challenger GP: Final

Peso Leve Feminino (60kg)

Vencedora da Semifinal 1 vs Vencedora da Semifinal 2

Special Fight

Peso Super-leve (64,5kg)

Nikolas Vega (Dojo Serpiente – ARG) vs Jordan Kranio (Teixeira Team – BRA)

Challenger GP: Semifinal 2

Peso Leve Feminino (60kg)

Andrea Salazar (Dojo Serpiente – ARG) vs Diana Solano (Latorre Sports Colombia – COL)

Challenger GP: Semifinal 1

Peso Leve Feminino (60kg)

Yanet Maestrojuan (Hermetica – ARG) vs Diana ‘Leoa’ Moraes (MSP/Warriors Headquarters – BRA)

WGP Super Fights Card

Super Fight

Peso Leve (60kg)

Felipe ‘Artillero’ (Team Artilleros/Brutal Striker – CHI) vs Gulliver Alcaraz (Dojo Serpiente – ARG)

Super Fight

Peso Super-leve (64,5kg)

Cesar Paredes (Predador/NewLevel Academy – ECU) vs Nicolas Jara (Dojo Serpiente/Renegado Team – ARG)

Super Fight

Peso Leve (60kg)

Denis Souza Jr. (Coliseu Fight Club) vs Guilherme Monteiro (Strikers/CF House)

Super Fight

Peso Super-leve (64,5kg)

Diego Tonson (Fighters Promotions – ARG) vs Aaron Cañarte (Huma Team – ECU)

WGP Undercard

Fight

Peso Pesado (94,1kg)

Lucas Alsina (Picante Fight Club) vs Matias Groppa (Vital Sport)

Fight

Peso Super-leve (64,5kg)

Heber Gaspar (Picante Fight Club) vs Marcos ‘Wasabi’ Ríos (Dojo Serpiente/Team Estecho)

Fight

Peso Meio-Médio (71,8kg)

Miguel Campora (Naksumai) vs Nicolás Sanchez (Dojo Serpiente)

Share.

About Author

Bill Santos

Abílio Santos, CEO do MMA Premium, sócio da Try mídia e gerente comercial da CRP MANGO. Todo sucesso vem do esforço e para isso não meço limites, um eterno fanático por inovação pela evolução.